KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Arte e cerejas no Walker Art Center

Um dos melhores museus de arte dos Estados Unidos é o Walker Art Center em Minneapolis. O museu recebeu o nome de Thomas Barlow Walker, que abriu sua coleção particular de arte para o público em 1879. Foi somente em 1927 que o Walker Art Center se tornou oficialmente um museu e ele exibe uma coleção muito impressionante de arte moderna.

O Walker Art Center é uma obra arquitetônica notável. Seu prédio de tijolos, projetado pelo arquiteto Edward Larrabee Barnes, foi inaugurado em 1971. O museu adquiriu seu ar moderno atual em 2005, graças ao plano diretor do famoso escritório suíço de arquitetura Herzog & de Meuron, que projetou o anexo de vidro e alumínio. As instalações do museu incluem um total de 11 espaços de exposições e também um cinema, um teatro e uma variedade de restaurantes.

De Picasso a Warhol

Com uma grande coleção de arte dos séculos XX e XXI, o Walker Art Center é visita imprescindível para os amantes das artes. Admire as obras de artistas famosos como Picasso e Giacometti ou aprecie a pop art de Andy Warhol. O museu também exibe a arte minimalista de Agnes Martin e Sol LeWitt e mostra o movimento moderno de arte italiana Arte Povera. O museu tem seu próprio teatro, o Nadine McGuire Theater, que apresenta regularmente música, peças de teatro e dança. O Walker Cinema exibe filmes e oferece palestras.

Spoonbridge and Cherry, colher e cereja

“O Minneapolis Sculpture Garden (Jardim de Esculturas de Minneapolis) combina sem esforço plantas e cultura”

Um excêntrico jardim de esculturas

Bem ao lado do Walker Art Center fica o Minneapolis Sculpture Garden. Desde sua inauguração, em 1988, o jardim se tornou uma das maiores atrações de Minneapolis. O jardim de esculturas é uma mistura de lindos gramados, arbustos cuidadosamente podados e arte abstrata. Há 40 obras em exibição permanente, mas o parque também recebe um impulso adicional de arte com a mudança periódica das exposições temporárias. O que mais atrai o olhar é a obra de arte conhecida como “Spoonbridge and Cherry”: uma colher gigante com uma cereja. A escultura foi especialmente criada para o parque pelos artistas pop Claes Oldenburg e Coosje van Bruggen e se tornou um ícone de Minneapolis.



Outros artistas renomados também deixaram sua marca aqui: o famoso arquiteto Frank Gehry (mais conhecido pelo Museu Guggenheim de Bilbao) criou a escultura “Standing Glass Fish”. Outra escultura notável é a ponte de pedestres Irene Hixon Whitney, feita de aço e madeira. A ponte atravessa as rodovias e coneta o Minneapolis Sculpture Garden ao Loring Park.

Créditos das fotos

  • Spoonbridge and Cherry, colher e cereja: Photo.ua, Shutterstock