KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Arte e vegetação em Houston

O manso rio Buffalo Bayou é a principal hidrovia de Houston. Mas também desempenha outro papel importante: ao longo do Bayou corre uma alameda que liga o distrito de teatros da cidade ao Buffalo Bayou Park. No final da década passada, o caminho foi cuidadosamente reformado.

A Buffalo Bayou Promenade é um tapete verde de dois quilômetros de extensão que corre do e para o centro da cidade. Depois da reforma, Houston de fato ganhou um parque de 9 hectares. O recém-inaugurado Sabine to Bagby Waterfront Park, que faz parte deste corredor, exibe inúmeras trilhas de caminhada e ciclismo. Tudo é lindamente iluminado e várias obras de arte decoram as trilhas principais. Com certeza uma caminhada nesse parque não é nem um pouco monótona!

Um parque artístico

A arte desempenha um importante papel na paisagem verde. Os atraentes barcos de aço – esculturas de autoria da celebridade local John Runnels – são apenas um dos muitos marcos que você pode apreciar. A ponte de pedestres que liga as duas margens da alameda também chama a atenção. A estrutura de aço e concreto da ponte é iluminada e os materiais de construção são incrustados com uma variedade de arte. A vista da água é ainda melhor e os arquitetos paisagistas dotaram o parque de vários desembarcadouros de onde se pode lançar uma canoa ou um caiaque.
A nova ponte de pedestres
“Tolerance Art Installation”

Esculturas espontâneas

Em 1987, quando os artistas locais começaram espontaneamente a expor num antigo mercado de produtores, no centro da cidade, eles não tinham ideia de que estavam criando uma nova tradição local. Hoje existe até um Parque de Arte, o Buffalo Bayou Artpark. A cada primavera, o espaço verde da cidade ganha uma nova coleção de 20 a 25 obras de arte, muitas das quais são esculturas, e grande parte deste trabalho termina às margens do Buffalo Bayou, para que a população possa apreciá-lo. O evento no Artpark, além de apresentar o trabalho de talentos locais, tem também a contribuição de artistas conceituados internacionalmente.

“O Buffalo Bayou Artpark confere à área um elemento dinâmico adicional”

Créditos das fotos

  • “Tolerance Art Installation”: Rob Albright, Flickr