KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Centro de Arte Reina Sofía

É um dos mais prestigiosos museus de arte do mundo, embora seja bem menos famoso que a Tate ou o Louvre. Talvez isso se deva ao seu nome, muito comprido, ou à sua proximidade com o Museu do Prado, mais famoso, mas com certeza não é por causa de sua coleção. O Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía em Madri abriga grandes nomes da arte mundial como Picasso, Miró e Dalí.

O histórico Hospital de San Carlos, de 1776, passou por uma reforma completa em 1989, projetada pelo arquiteto inglês Ian Ritchie. Três elevadores panorâmicos feitos de vidro e aço foram construídos na fachada externa e, dentro, o edifício foi inteiramente reformado em estilo minimalista. O arquiteto francês Jean Nouvel projetou sua expansão em 2005, para criar mais espaço para a coleção de arte. Afinal, por mais espetacular que seja a construção, o que realmente importa é a arte.

De hospital a templo da arte: Reina Sofía
De hospital a templo da arte: Reina Sofía

Madrid

Joan Miró – Homem com Cachimbo (1925)

O marciano de Miró

Muitas das obras de Miró no Reina Sofía datam de seus últimos anos na década de 1970, quando o mestre catalão já havia adotado o alegre estilo abstrato em cores primárias. Por outro lado, “Hombre com pipa” (“Homem com cachimbo”) é um dos seus primeiros trabalhos. É um retrato surrealista, quase alucinógeno, com sombras matizadas e um traço vermelho, representando o que parece ser um extraterrestre com olhos penetrantes em forma de disco voador e um cachimbo, que admite todo tipo de interpretação.

“O Grande Masturbador”, de Dalí

Esta tela sugestiva é raramente discutida quando se dá aula sobre o trabalho de Dalí nas escolas. Uma formação rochosa no Cabo de Creus na Catalúnia inspirou o artista a pintar o retrato de uma mulher nua, cuja cabeça está inclinada em direção ao testículo de um homem com os joelhos sangrando. Como ocorre em todas as obras de Dalí, tudo é possível, e seus temas são distorcidos, inclinados ou invertidos. Nada é o que parece ser, de forma que o observador rapidamente fica assombrado.

Salvador Dalí – O Grande Masturbador (1929)
Público diante de Guernica de Pablo Picasso (1937)

O pesadelo de Picasso

O destaque incontestável da coleção é a única obra de arte que sempre está pendurada no mesmo local, isto é, na sala 206 do segundo andar. A gigantesca Guernica de Picasso mede 3,5 por 7,8 metros e retrata o horror do bombardeio de Guernica em 1937, quando Hitler destruiu a cidade basca durante a Guerra Civil Espanhola, a pedido de Franco. Mas não passe muito tempo observando-a porque, embora seja a obra mais famosa de Picasso, com certeza lhe dará pesadelos.

+ Ler mais

Veja no mapa

Museo Nacional de Arte Reina Sofía, c/ Santa Isabel 52, Madrid,

www.museoreinasofia.es

Créditos das fotos

  • Joan Miró – Homem com Cachimbo (1925): © Successió Miró, c/o Pictoright Amsterdam 2014. Fundació Joan Miró de Barcelona and Fundació Pilar I Joan Miró a Mallorca. Wolfgang Jung, Flickr
  • Salvador Dalí – O Grande Masturbador (1929): © El Gran Masturbador, 1929 © Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, c/o Pictoright Amsterdam 2014. Jack Zalium, Flickr
  • Público diante de Guernica de Pablo Picasso (1937): © Guernica, 1937 © Pablo Picasso’s, c/o Pictoright Amsterdam 2014. Pedro Belleza, Flickr