KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Comer, rezar e comprar na Little India

O enclave indiano no bairro de Brickfields não é apenas uma festa para os olhos, senão para todos os sentidos. As ruas e vielas exalam um aroma perfumado de sândalo, especiarias, e colares de jasmim e flores de lótus. Pratos típicos do sul da Índia e do Sri Lanka são servidos em diversas barracas de comidas. Há também belos templos repletos de deuses hindus. Venha comer, rezar e comprar na Little India, o mais colorido bairro de Kuala Lumpur.

O nome Brickfields é uma referência ao passado, quando nesse bairro eram fabricados tijolos para a reconstrução de Kuala Lumpur. A cidade, originalmente construída com madeira, pegou fogo durante um grande incêndio em 1881 e, desde então, as construções em tijolo são obrigatórias. Na época do domínio britânico, o bairro foi também o local da estação ferroviária. Os operadores ferroviários que trabalhavam ali foram trazidos do sul da Índia pelos ingleses. Muitos se instalaram na área ao redor da estação e depois se tornaram cidadãos malásios.

A colorida fonte da Little India
A colorida fonte da Little India

Kuala Lumpur

Curry em uma folha de bananeira

Comidas em folhas de bananeira

Há uma abundância de alimentos na Little India. Os populares restaurantes de “folha de bananeira” estão por todas as partes; neles a principal refeição é servida em uma folha de bananeira. O menu inclui deliciosos curries, com ótimas opções para vegetarianos. Outros petiscos deliciosos são os vadai (salgadinhos fritos) e os stringhoppers (macarrão de farinha de arroz cozido ao vapor); a maioria das barracas de comida tem sua própria especialidade.

Santuário hindu

Assim como a Índia, a Little India em Kuala Lumpur é o lar de uma mistura de crenças e templos religiosos. Igrejas, mesquitas, templos hindus e santuários budistas estão lado a lado. A construção mais colorida é o enorme Templo Sri Kandaswamy, um excelente exemplo da arquitetura tâmil. O templo serve como um lembrete importante de que uma grande parte dos primeiros imigrantes é nativa do sul da Índia e do Sri Lanka. O templo de 100 anos é o animado centro de muitas festas e cerimônias religiosas.

O Templo Sri Kandaswamy em Jalan Scott
Lindos sáris em Jalan Tun Sambanthan

Comprando açafrão

A rua mais importante para fazer compras em Little India é Jalan Tun Sambanthan. Aqui você encontrará muitas lojas pequenas lotadas com grandes pilhas de sáris e tecidos. Embora o açafrão normalmente só seja vendido em pequenas porções, lá é vendido em grandes sacos, assim como o cominho e a canela. Para comprar produtos modernos, vá para a KL Sentral, o mais novo centro comercial em Brickfields. O centro está localizado dentro e ao redor de um antigo pátio de manobras.

Créditos das fotos

  • O Templo Sri Kandaswamy em Jalan Scott: Graeme Maclean, Flickr
  • Lindos sáris em Jalan Tun Sambanthan: Thomas van Ardenne, Flickr