KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Enigmas na areia

A cerca de 400 quilômetros de Lima, você descobrirá um mistério de muitos séculos, espalhado nas areias vermelhas dos pampas. As Linhas de Nazca são formadas por cerca de 300 desenhos de animais, insetos e criaturas míticas. As criações pré-históricas, com muitos quilômetros de extensão, ainda são facilmente reconhecíveis depois de dois mil anos. As Linhas de Nazca foram declaradas Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO em 1994.

Ninguém foi capaz de desvendar o mistério das Linhas de Nazca. Os desenhos provavelmente são obra de três civilizações diferentes que viveram na região entre 500 a.C. e 500 d.C. Os "desenhos" podem ser admirados de várias formas mas, devido a seu tamanho, só podem ser vistos em sua totalidade do alto. Partes de algumas figuras podem ser vistas das montanhas e plataformas de observação ao longo da Rodovia Panamericana, mas a melhor visão dessas criações antigas é de uma aeronave.

As Linhas de Nazca

As Linhas de Nazca estão situadas a cerca de 400 quilômetros ao sul de Lima, nas vastas planícies dos pampas. As cidades mais próximas são Ica e Nazca. Várias empresas de ônibus de Lima oferecem excursões para as cidades e a viagem leva cerca de sete horas. O melhor a fazer é reservar uma excursão de um dia. Além da viagem de ônibus de Lima, a excursão inclui um voo sobre as Linhas de Nazca.
É possível passar a noite em Nazca, mas você também tem a opção de voltar para Lima no mesmo dia.
Parte das linhas são formas geométricas, mas também há lindos desenhos de animais. Os desenhos mais bem preservados são o Beija-flor, a Aranha e o Macaco. As imagens provavelmente tinham algum significado religioso. Segundo os arqueólogos, as Linhas de Nazca formam um enorme calendário astronômico no qual as imagens representam os vários estágios do sol. Acredita-se que os fazendeiros nativos usavam os complexos desenhos para determinar o ciclo agrícola e cultivar a terra.

Um voo sobre as Linhas de Nazca

Cómo as Linhas de Nazca foram feitas?

Os enormes desenhos foram feitos usando duas técnicas: para alguns, os criadores empilharam brita e pedras em turnos, mas, com mais frequência, eles cavavam a brita vermelha dos pampas para revelar o subsolo de cor mais clara. Ninguém sabe por que as imagens são tão grandes. A possibilidade de existência de balões de ar quente há dois mil anos foi descartada. É bastante possível que os criadores desejassem mostrar seu trabalho para os deuses.

“É bem possível que os criadores desejassem mostrar seu trabalho para os deuses.”

O Astronauta

Alienígenas

Os últimos desenhos foram encontrados no final dos anos 1980. A descoberta de uma notável imagem chamada o Astronauta causou bastante comoção. O desenho mostra uma figura acenando com a mão que parece estar usando um capacete espacial. Ainda há especulação sobre o possível envolvimento de alienígenas na criação das Linhas de Nazca e elas ainda atraem pessoas que acreditam que os desenhos marcam o local de uma aterrissagem alienígena.