KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Flamenco em um “tablao” de Madri

Todo mundo sabe que a dança e a música flamencas vêm da Espanha, mas sua origem exata não é clara, e até mesmo o nome “flamenco” ainda é um mistério. O que sabemos de fato é que os “gitanos” ou ciganos tiveram um papel importante. Na Idade Média, eles importaram o flamenco da Índia. Mais tarde, os mouros, judeus, africanos, sul-americanos e espanhóis deixaram sua marca na dança.

Música de violões, cantos roucos, palmas, castanholas e dança – os principais ingredientes do flamenco não mudaram nos dois últimos séculos. O jogo de pés é relativamente recente: o sapateado só foi introduzido há 100 anos. Para muitos “gitanos” e “payos” (não ciganos), o flamenco não é apenas folclore, mas um estilo de vida e uma importante forma de arte. A música popular empolgante com sua dança extravagante pode ser vista ao vivo em um dos muitos “tablaos” (cafés de flamenco), em Madri, a capital do flamenco na Espanha.

Casa Patas, “tablao” autêntico em Madri

O palácio do flamenco da Casa Patas

O distrito multicultural Lavapiés é o epicentro da cena de flamenco em Madri. Aqui se encontra um dos mais autênticos “tablaos” de Madri: Casa Patas, estabelecida em uma casa de 130 anos de idade, com sacadas ornamentadas em ferro forjado. Nos fins de semana, os shows começam às 21h. Os primeiros shows são basicamente para turistas, mas os que começam mais tarde são performances mais autênticas. Os habitantes locais chegam depois da meia-noite, esquentando os músicos e dançarinos. Como nos outros “tablaos”, os espectadores comem e bebem enquanto assistem ao show. Recomenda-se fazer reserva.

+ Ler mais

Veja no mapa

Casa Patas, Calle de los Cañizares 10, Lavapiés, Madri,

www.casapatas.com

O “tablao” favorito de Marlene Dietrich

Embora mais caro, o Corral de la Morería, no limite do bairro La Latina, é, na opinião de muitos, o melhor “tablao” tradicional. Um show custa 40 euros, e com jantar você pode facilmente gastar 100 euros. Mas a qualidade dos dançarinos e músicos é incomparável há mais de 50 anos. Um grupo eclético de celebridades – de Marlene Dietrich e Gina Lollobrigida a Michael Douglas e Richard Gere – vinham com frequência aqui para assistir ao show de flamenco. É obrigatório fazer reservas.

+ Ler mais

“Tablao” de celebridades: Corral de la Morería

Veja no mapa

Corral de la Morería, Calle de la Morería 17, La Latina,

www.corraldelamoreria.com
A fachada espetacular de Villa Rosa

O tablao de Almodóvar: Villa Rosa

Celebridades do flamenco como Lola Flores, Imperio Argentina e Miguel de Molina apresentavam-se aqui, e estrelas como Ernest Hemingway, Ava Gardner e o Rei da Espanha vinham assistir. Aberto há um século, Villa Rosa é o “tablao” mais antigo de Madri – e continua sendo um dos mais baratos. Pedro Almodóvar utilizou Villa Rosa como locação de seu filme “Tacones lejanos” (De Salto Alto), em 1991, devido ao seu charmoso interior com painéis andaluzes de ladrilhos pintados à mão e sua linda fachada de frente para a Plaza Santa Ana, um destino popular de vida noturna.

+ Ler mais

Veja no mapa

Villa Rosa, Plaza Santa Ana 15, Barrio de las Letras, Madri,

www.tablaoflamencovillarosa.com

Créditos das fotos

  • Casa Patas, “tablao” autêntico em Madri: Ronald Woan, Flickr
  • “Tablao” de celebridades: Corral de la Morería: PromoMadrid, Flickr
  • A fachada espetacular de Villa Rosa: Bob Fisher, Flickr