KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

De residência na cidade a palácio

É fácil saber quando a rainha está em sua residência oficial, o Palácio de Buckingham, construído no século 18: basta ver se a bandeira com o brasão real está hasteada. Se a soberana estiver em outro local, é a bandeira do Reino Unido que tremula no palácio.

O prédio foi construído em 1705 para ser a residência do Duque de Buckingham em Londres. Em 1826, o Rei George IV pediu que o renomado arquiteto John Nash transformasse a residência em um palácio. Infelizmente, o rei não chegou a ver o resultado porque ele e seu irmão mais novo e sucessor, o Rei William IV, morreram antes da conclusão do projeto. Em 1837, a Rainha Vitória se tornou a primeira monarca a residir no palácio.

Os tesouros do Palácio de Buckingham

O gigantesco complexo do palácio real possui 1.514 portas, 760 janelas e 775 cômodos. Ele tem 19 salões, 92 escritórios, 52 quartos e quartos de hóspedes para visitantes, 188 quartos para funcionários e 78 banheiros. Embora os visitantes não tenham acesso a todas as partes do palácio, no verão (quando a família real não está presente), é possível visitar os 19 salões luxuosamente decorados. É nesses salões que são feitas todas as recepções de estado importantes. As paredes são decoradas com alguns dos maiores tesouros do palácio, incluindo quadros de Rembrandt, Rubens e Vermeer. Outras peças dignas de nota são a escultura de Antonio Canova, as porcelanas de Sèvres e os belos móveis ingleses e franceses.

+ Ler mais

Cerimônia de Prêmios Reais em salão nobre

Veja a localização no mapa

Buckingham Palace, London SW1A 1AA

A galeria da rainha

Ao longo da maior parte do ano, é possível visitar a extraordinária Queen’s Gallery, na parte oeste do palácio. Essa galeria abriga diversas exposições temporárias, sendo que cada uma dessas exposições exibe cerca de 450 obras de arte da coleção real. O espaço era uma capela até ser destruído durante a Segunda Guerra Mundial. A Queen’s Gallery foi erguida sobre as ruínas e passou por uma reforma completa na virada do milênio. Em 2002, a galeria foi reaberta para celebrar o Jubileu de Ouro da rainha.

Queen’s Gallery
A cerimoniosa da troca de guarda

A troca da guarda

A troca da guarda em frente aos portões do Palácio de Buckingham é sempre um espetáculo fascinante. Nos meses de maio, junho e julho, a troca da guarda acontece todos os dias. Nos outros meses, a cerimônia é realizada em dias alternados, se o tempo permitir. É mágico ver os guardas imóveis se moverem de repente durante a cerimônia.

Créditos das fotos

  • Cerimônia de Prêmios Reais em salão nobre: Department for Business, Inoovation and Skills, Flickr
  • Queen’s Gallery: .Martin., Flickr
  • A cerimoniosa da troca de guarda: alessandro0770, Shutterstock