KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

A história ao longo da Freedom Trail

Boston é uma cidade cheia de história com marcos notáveis que desempenharam um importante papel na Revolução Americana, no final do século XVIII. Dezesseis pontos importantes estão agora ligados por uma linha de tijolos vermelhos ao longo de ruas, chamada de Freedom Trail (Trilha da Liberdade). A rota tem 2,5 quilômetros de comprimento e começa em Boston Common, o mais antigo parque público dos Estados Unidos.

A Guerra da Independência dos Estados Unidos (também chamada de Guerra Revolucionária Americana) tem suas raízes em Boston, na famosa Boston Tea Party em 1773. Em protesto contra as altas taxas cobradas pelos ingleses sobre o chá em suas colônias, 60 revolucionários (“Sons of Liberty”) atacaram os navios ancorados com seu carregamento de chá e o atiraram ao mar. A insatisfação com o domínio britânico tinha chegado a um ponto de ebulição, e uma revolta eclodiu, transformando-se no início da batalha decisiva pela independência. Treze colônias uniram forças e declararam sua independência em 1776, embora a guerra tenha se alastrado até 1783.

Boston Common: o ponto de partida da Freedom Trail
Boston Common: o ponto de partida da Freedom Trail

Boston

Massachusetts State House, o Palácio do Governo

Boston a pé

A Freedom Trail é em si mesma uma interessante aula de história e também uma excelente forma de explorar a pé as várias áreas de Boston. Você pode fazer isso contratando os serviços de um guia turístico pessoal, no centro de visitantes em Boston Common, ou pegando um mapa e seguindo a trilha por conta própria. A partir do centro de visitantes, a rota leva você até ao Massachusetts State House, o Palácio do Governo, com sua linda cúpula de ouro, e, mais adiante, para o Granary Burying Grounds, o cemitério onde Samuel Adams, John Hancock e Robert Treat Paine estão enterrados: 3 signatários da Declaração de Independência de 4 de julho de 1776.

+ Ler mais

Veja a rota

The Freedom Trail

Caminhar e comprar

Uma parada importante na Freedom Trail é em Faneuil Hall. Esta construção, também chamada de “Cradle of Liberty” (“Berço da Liberdade”), onde os norte-americanos primeiro se rebelaram, em 1764, contra o Sugar Act e o Stamp Act impostos pelos ingleses. Eram taxas impostas sobre o açúcar, os jornais e os selos, entre outras coisas. Faneuil Hall é onde Benjamin Franklin, um dos Pais Fundadores (Founding Fathers), organizava frequentes reuniões. Há uma estátua dele na praça em frente a Faneuil Hall.

O Faneuil Market Place fica na mesma praça, onde você pode combinar história com compras. Os três antigos centros comerciais abrigam dezenas de butiques, lojas de rede e restaurantes. É a parada perfeita para comprar um suvenir divertido ou um lanche apetitoso. É também o lugar favorito dos artistas de rua no verão.

Faneuil Hall
Paul Revere House

Um herói norte-americano

A Freedom Trail também leva para North End, o bairro italiano de Boston, com seu charme tortuoso do velho mundo. É aí que a Paul Revere House se localiza, a casa mais antiga de Boston (1680). Paul Revere foi um herói norte-americano, famoso por sua cavalgada à meia-noite ("midnight ride") em 1775, quando ele foi a cavalo avisar Samuel Adams e John Hancock de que os ingleses estavam a caminho para prendê-los. A casa é agora um museu que pode ser visitado pagando um pequeno ingresso.