KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Newcastle sobre as águas

A cidade de Newcastle upon Tyne, em geral chamada apenas de Newcastle, é uma das surpresas mais agradáveis do nordeste da Inglaterra. A cidade fica às margens do Rio Tyne e divide-se em duas partes conectadas por um punhado de pontes. Com arcos de aço e pilares de granito – são todas ícones exclusivos que conferem à cidade sua personalidade.

Uma caminhada pelo Quayside sempre começa ou termina na mais nova das sete pontes da cidade – a Gateshead Millennium Bridge, inaugurada em 2001. Esta ponte é única em todos os sentidos da palavra. A estrutura incomum consiste de dois arcos de aço ligados por cabos inclinados para possibilitar que os navios passem por baixo. A nova ponte também tem o apelido de Blinking Eye (Olho Piscante), pois parece um grande olho que se abre e fecha, quando os navios passam.

Arte em celeiros

A história recente de Newcastle é tão escura quanto o carvão que foi aqui extraído por décadas. A um período florescente seguiu-se um período de alto desemprego; estaleiros e minas foram fechados e fábricas ficaram vazias.

Nos últimos anos, a maior parte da herança industrial da cidade encontrou uma nova finalidade. O BALTIC, localizado em antigos celeiros de grãos na margem sul do Rio Tyne, junto à Millennium Bridge, abriga o museu internacional de arte contemporânea. O museu não tem uma coleção permanente, mas em vez disso sedia uma variedade de exposições temporárias, apresentadas em quatro salas. A arte é tão variada quanto os próprios artistas, representando cada canto do mundo – inclusive Newcastle.

A vista do 5º andar sobre o Rio Tyne mostra uma cidade em transformação. A variedade de estilos de construção é realmente desconcertante. Também na margem sul fica o Sage Gateshead: uma sala de concertos em vidro, alumínio e aço que lembra vagamente uma garrafa de Coca-Cola deitada. A margem norte apresenta algumas extraordinárias casas comerciais da era vitoriana. Mais adiante, na colina, uma bandeira tremulante marca o castelo medieval de Newcastle. A vista do museu é ainda mais deslumbrante à noite, quando a Millennium Bridge fica iluminada.

+ Ler mais

Veja no mapa

Isto é BALTIC

Gateshead Quays, South Shore Road, Gateshead NE8 3BA, United Kingdom Google maps

BALTIC, o museu internacional de arte contemporânea
A Tyne Bridge e o cais ensolarado

Uma visita a Earl Grey

Da Millennium Bridge você pode fazer um passeio pelo cais Quayside até as outras pontes. Hoje as barcas de carvão não navegam mais; o antigo cais de comércio agora é um calçadão com bares, cafés e restaurantes. Da Tyne Bridge sai uma das ruas mais interessantes de Newcastle: a Grey Street. Metade dos majestosos edifícios ao longo de Grey Street são monumentos, e no fim da rua fica a estátua de Charles Grey (1764-1845), o homem que é mais conhecido como “earl” (conde) e mais famoso por seu chá favorito que por ter sido primeiro ministro do Reino Unido.

Créditos das fotos

  • BALTIC, o museu internacional de arte contemporânea: johnbraid, Shutterstock