KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Plaza de Armas: o berço de Lima

A Plaza de Armas, também chamada de Plaza Mayor, é o berço de Lima. Foi neste local que Francisco Pizarro fundou Lima, em 1535, o que faz com que ela seja a praça mais antiga da cidade. A grandiosidade histórica é refletida nos prédios em volta da praça, como o Palácio de Governo (Palacio de Gobierno), o Palácio Arquiepiscopal (Palacio Arzobispal) e a Catedral.

Durante o período colonial, a Plaza de Armas foi o centro econômico e cultural de Lima. Ao longo dos séculos, ela serviu como cenário para várias celebrações religiosas, mercados e touradas. Hoje, a praça ainda é bastante animada e um excelente local para conhecer o passado de Lima. Nos dias quentes, as pessoas se reúnem para se refrescar em volta da fonte de bronze, uma excelente obra de arte no centro da praça.

Palacio de Gobierno

O impressionante palácio presidencial está localizado às margens do Rio Rímac. No apogeu da civilização Inca, o lugar tinha uma forte conotação religiosa e serviu de residência para o último imperador Inca. Depois da conquista espanhola, Francisco Pizarro construiu seu palácio no mesmo local em 1535. Depois de vários terramotos e incêndios, não restou muito do edifício original. Uma árvore antiga, plantada por Pizarro, é considerada o único resquício daquela época. O palácio atual foi concluído em 1938.
A troca da guarda acontece diariamente ao meio-dia em ponto. Em seus uniformes escarlate e azul, os soldados são uma atração imperdível. Vale a pena fazer um tour gratuito, mas é essencial reservar com pelo menos dois dias de antecedência. Você ficará admirado com a imponente entrada e os cômodos esplendidamente decorados. Muitos dos objetos decorativos contam a história colonial de Lima.

+ Ler mais

Palacio de Gobierno

Quem era Francisco Pizarro?

Francisco Pizarro (1475-1541) foi um explorador espanhol. Em 1532, ele triunfou sobre o imperador Inca Atahualpa na batalha pelo país. Três anos mais tarde, em 1535, Pizarro fundou a cidade de Lima na Plaza de Armas. No entanto, ele não desfrutou de seus êxitos por muito tempo, pois foi morto por seus antigos colegas em 1541. O túmulo de Pizarro está localizado na Catedral.

Catedral e Palacio Arzobispal

A Catedral de Lima é um dos edifícios mais conhecidos da cidade. Em 1535, Francisco Pizarro assentou a pedra fundamental da primeira igreja construída no local, que posteriormente foi destruída por um terremoto. A Catedral atual foi erguida em 1746 e possui caraterísticas barroca e neoclássica. Não deixe de observar o teto arqueado e o túmulo de Pizarro decorado com mosaicos.
Ao lado da Catedral, fica o Palacio Arzobispal. Esse palácio acerbispal é luxuosamente decorado com materiais nobres, como cedro, mogno e azulejos de Sevilha. O primeiro piso é usado para exposições de arte sacra e o segundo piso é mobiliado com móveis antigos e ainda é usado pelo Arcebispo de Lima para exercer suas funções oficiais.

Catedral de Lima