KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Prove e brinde com os vinhos da Cidade do Cabo

Imensos vinhedos entre montanhas majestosas: uma visita às vinícolas da Cidade do Cabo é uma experiência de tirar o fôlego. É daí que se originam os vinhos desta cidade. O clima mediterrânico é ideal para vários tipos de uva, como a chenin blanc, a chardonnay e, é claro, a pinotage, a uva nacional. É possível provar esses vinhos deliciosos em típicas propriedades holandesas perto de Cidade do Cabo.

Existem várias rotas para as regiões vinícolas mais famosas: Stellenbosch, Franschhoek, Paarl e Constantia. Um passeio por Wynland é uma viagem pela rica história da Cidade do Cabo. Em 2 de fevereiro de 1659, Jan van Riebeeck escreveu: ‘Hoje – Deus seja louvado – prensamos vinho pela primeira vez a partir de uvas do Cabo!’ Como fundador do posto de comércio da Cidade do Cabo, ele plantou as primeiras videiras para fornecer vinho aos marinheiros exaustos. Além disso, o vinho acabou sendo também um ótimo remédio contra a sarna! Hoje em dia, a produção de vinho do Cabo está florescendo, com cerca de 400 milhões de litros de vinho engarrafados a cada ano.

O clima da Cidade do Cabo é perfeito para a vinicultura
O clima da Cidade do Cabo é perfeito para a vinicultura

Cidade do Cabo

De Stellenbosch a Franschhoek

A cidade universitária de Stellenbosch fica a cerca de 45 minutos de carro da Cidade do Cabo. Aqui você descobrirá vinhedos de famosas vinícolas sul-africanas, como Rust en Vrede e Meerlust. Menos conhecida, mas igualmente interessante, é a deslumbrante propriedade de Neethlingshof, aberta diariamente para degustação. Entre por um acesso ladeado por pinheiros até chegar à mansão, datada de 1705 e construída inteiramente em estilo colonial holandês. Deguste uma seleção de cinco vinhos nesse ambiente romântico ou aproveite o pacote Flash Food, Slow Wine, com pratos deliciosos para acompanhar cada vinho.

Mais a leste fica Franschhoek. Huguenotes franceses se estabeleceram nessa região no fim do século 17 depois de serem perseguidos em sua pátria. Sua experiência com vinícolas teve um enorme impacto sobre a vinicultura da Cidade do Cabo, e você verá propriedades com nomes franceses, como La Motte, Provence e Le Dauphiné. Uma ótima maneira de descobrir os vinhos dessa região é de bonde. Você terá vistas espetaculares de vastas fileiras de videiras, enquanto degusta deliciosos vinhos nas diversas vinícolas que ficam na rota.

Franschhoek

O vinho lendário de Constantia

O vale de Constantia está escondido entre a Montanha da Mesa e os bairros a sudoeste da Cidade do Cabo, e abriga os vinhedos mais antigos do Cabo. Simon van der Stel, primeiro governador da cidade, começou a plantação de videiras em grande escala em 1679 para produzir o já lendário Vin de Constance. Esse vinho de sobremesa era extremamente apreciado pela realeza europeia do século 18, e Napoleão Bonaparte até o encomendou quando foi exilado na ilha de Santa Helena, a cerca de 3.000 quilômetros de distância! Recomendamos fazer um lindo piquenique à sombra dos seculares carvalhos da propriedade de Buitenverwachting.

“Napoleão encomendou o lendário Vin de Constance quando foi exilado na ilha de Santa Helena”