KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

O farol de Budapeste

O Castelo de Buda é uma presença permanente para aqueles que caminham ao longo das margens do Danúbio. Erguido no alto de uma colina acima da cidade, as construções infinitas do castelo e os monumentos encantadores tornam o impressionante complexo do palácio um dos lugares mais bonitos de Budapeste. O distrito do castelo é o centro histórico de Buda, um lugar agradável por si só, para se passear por inúmeros corredores e praças.

Mansões barrocas ornamentadas do século XVIII contornam as ruas de paralelepípedo. Aqui e ali, um arco gótico chama a atenção. O complexo do Castelo de Buda tem belas vistas, como o antigo palácio real, o monumento romântico Bastião dos Pescadores e a impressionante Igreja de Matias. Há várias maneiras de chegar lá. Uma boa opção é pegar o teleférico no final da Ponte das Correntes até o castelo. Ou subir a pé, há muitos lugares no caminho onde você pode parar para recuperar o fôlego enquanto admira a vista do Danúbio e da cidade.

Castelo de Buda iluminado à noite
Castelo de Buda iluminado à noite

Budapeste

Destaques da Colina do Castelo

O flanco sul da Colina do Castelo é ocupado pelo palácio real, com a sua distinta cúpula de cobre verde. No século XIII ele serviu como uma fortaleza para os reis húngaros e os habitantes de Buda. Embora incêndios e guerras devastadores tenham deixado pouco do interior original ileso, o palácio foi restaurado com sucesso a partir de 1946. Os edifícios majestosos agora abrigam dois museus: o Museu Histórico de Budapeste e a Galeria Nacional da Hungria.

Na Igreja de Matias, no coração do Distrito do Castelo, reis húngaros foram coroados até 1916. O edifício original do século XIII foi adaptado com frequência a novas tendências de arquitetura. Ele foi transformado em mesquita pelos otomanos, que governaram Buda nos séculos 16 e 17. O arquiteto Frigyes Schulek criou a maravilhosa igreja atual neogótica, restaurando o prédio no final do século XIX de acordo com as plantas medievais originais.

Os padrões impressionantes de diamante no telhado e as gárgulas na fachada também são adições de Schulek. O interior é decorado com motivos coloridos que o arquiteto encontrou nas paredes de pedra originais. As imagens de corvos encontradas em vários lugares da igreja são uma referência ao grande Rei Matthias Corvinus, cujo brasão continha um corvo (corvus em latim). Vários elementos góticos originais também estão intactos, como o impressionante campanário octogonal do século XV. Outro elemento extraordinário é o sarcófago duplo do Rei Béla III e sua esposa Anne de Châtillon, datado do século XII, um dos mais antigos tesouros da Colina do Castelo.

+ Ler mais

Os jardins do Castelo de Budapeste

Passeie pela antiga Buda

É apaixonante passear pelas pitorescas ruas do centro velho da cidade de Buda. As mansões finamente decoradas, no passado habitadas pelos patrícios do reino húngaro, ainda estão em uso como residências. Muitos dos pátios do tranquilo bairro escondem charmosos cafés e restaurantes. Esses são lugares perfeitos para tomar um refrescante copo de házi limonádé (limonada caseira) ou uma fröccs (Spritzer).

Castelo de Buda

O encantador Bastião dos Pescadores

O Bastião dos Pescadores parece um castelo de conto de fadas com a sua fachada branca como neve, torres pontiagudas, escadas em espiral e muralhas soberbas. A vista sobre Peste e a Curva do Danúbio também é encantadora, especialmente quando todas as luzes da cidade brilham no escuro. Frigyes Schulek projetou o Bastião para dar mais impulso à Igreja de Matias, que ele restaurou no final do século XIX. As sete torres representam as sete tribos magiares que ocuparam a Hungria no ano de 886. A majestosa escadaria com 145 degraus leva ao distrito de Viziváros mais abaixo. O nome do monumento foi escolhido em homenagem a uma associação de pescadores que tradicionalmente ocupou o local.

O encantador Bastião dos Pescadores