KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

O coração da Irlanda de 800 anos de idade

Há mais de oito séculos o Castelo de Dublin é o coração histórico da capital irlandesa. Hoje o castelo é local de importantes eventos oficiais, tais como as cerimônias de posse de vários presidentes da Irlanda. No passado, a construção desempenhou uma série de funções, inclusive de prisão, tesouro e corte de justiça. Por sete séculos o castelo também foi sede do governo inglês.

Há vários tours à escolha dos visitantes do castelo. Tours especializados se focam em temas específicos, como as coleções de arte moderna ou tradicional. Um dos tours se concentra inteiramente nas joias da Coroa irlandesa, que foram roubadas daqui em 1907 e nunca foram encontradas. O complexo de 44 mil metros quadrados situa-se num lugar histórico estratégico do lado sul do Rio Liffey.

Uma miscelânea arquitetônica

A história irlandesa reflete-se na mistura de estilos arquitetônicos do castelo. Desde sua fundação, em 1204, o castelo passou por várias reformas completas, e a cada vez uma geração diferente deixou sua própria marca no complexo. Em 1922, o castelo foi entregue oficialmente ao Estado Livre Irlandês. Hoje o complexo abrange prédios governamentais, os State Apartments (Apartamentos do Estado, que são os salões cerimoniais mais importantes da Irlanda), museus, jardins, cafés e um centro internacional de conferências. Os visitantes podem percorrer a maior parte dos terrenos e museus do castelo por conta própria. A única exceção são os State Apartments: estes só são acessíveis em um tour especial, acompanhado por um guia de turismo.

“Um relatório de investigação da Scotland Yard desapareceu tão misteriosamente quanto as joias da Coroa”

O escândalo das joias da Coroa

Em 1907 as joias da Coroa irlandesa foram roubadas do castelo. As circunstâncias foram muito suspeitas: nenhuma porta ou fechadura foi forçada, portanto isso só podia ter sido um trabalho interno. Porém, o culpado nunca foi encontrado, e um relatório de investigação da Scotland Yard desapareceu tão misteriosamente quanto as joias. Ao longo do tempo, muitas teorias surgiram; a maioria aponta para algum tipo de escândalo sexual e bebedeira que foi encoberto. As joias nunca foram recuperadas.