KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

A maior festa de Carnaval do mundo

O Carnaval do Rio de Janeiro é mundialmente famoso. Todo ano, esse imenso e exuberante espetáculo começa 40 dias antes da Páscoa e celebra cinco dias de festa. Milhões de brasileiros e visitantes que viajam do mundo inteiro para cá vêm participar deste espetáculo inusitado. Durante o Carnaval, as ruas ficam tomadas por desfiles coloridos de música e dança.

Há várias histórias diferentes sobre a origem do Carnaval no Rio de Janeiro. A mais plausível explica que ele é herdeiro do “Entrudo”, o festival português da primavera, uma alegre festa de rua, onde foliões mascarados atiravam água, lama e frutas cítricas uns nos outros. Em torno de 1600, os colonizadores portugueses introduziram a festa no Brasil, onde ela evoluiu até se transformar no Carnaval que conhecemos hoje.

Celebre o Carnaval no Rio
Celebre o Carnaval no Rio

Rio de Janeiro

Música e dança

A música desempenha um papel central no Carnaval. Os dançarinos acompanham os alegres desfiles ao som de uma batida de samba ao vivo. A origem dessa música remonta aos migrantes que vieram para o Rio em fins do século XIX. O boom da indústria do café e a abolição da escravatura criaram grandes fluxos de migração dentro do Brasil. Muitos antigos escravos do estado da Bahia estabeleceram-se no Rio de Janeiro e trouxeram consigo suas danças, músicas e tradições. Outros elementos coloridos, como os carros alegóricos e as roupas exóticas, foram sendo adicionados ao Carnaval.

Os blocos de rua no Rio

Cada bairro do Rio tem seus próprios blocos favoritos (bandas de rua). A cidade tem mais de 300 blocos e seu número continua a crescer a cada ano. Cada grupo musical apresenta seus músicos e dançarinos de samba, suas próprias canções e coreografias. No período do Carnaval, eles sempre desfilam e se apresentam em um lugar definido na cidade. Os blocos mais famosos (e os maiores) do Rio são o Cordão da Bola Preta, um grupo tradicional que se apresenta no centro da cidade, e a Banda de Ipanema, que desfila no bairro de Ipanema.

O desfile das escolas de samba no Sambódromo

O desfile no Sambódromo

O ponto alto do Carnaval do Rio de Janeiro é o desfile no Sambódromo, uma passarela construída especialmente para isso. Por vários meses, as escolas de samba do Rio de Janeiro preparam seu espetáculo, que envolve de 2.500 a 5.000 participantes. Cada escola tem seu próprio tema que é representado com mínimos detalhes, incluindo os exóticos figurinos feitos à mão. Um júri sempre avalia o desfile que começa à noite e continua até de manhã cedo. A cada ano, o júri premia a melhor escola, os carros alegóricos mais lindos e a melhor rainha do samba. Os ingressos para este disputado evento se esgotam muito rápido, portanto, programe-se com antecedência se quiser assistir ao desfile.

Um Sambódromo lotado

Créditos das fotos

  • O desfile das escolas de samba no Sambódromo: Celso Pupo, Shutterstock
  • Um Sambódromo lotado: Migel, Shutterstock