KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Os becos medievais de Altstadt

Altstadt é um dos bairros mais charmosos de Zurique. Um dia abandonados e demolidos, os becos medievais sinuosos da velha cidade nos dois lados da Rathausbrücke foram completamente revitalizados. As casas enormes agora são lojas da moda, restaurantes deliciosos, bares sofisticados e hotéis butique elegantes. Se perder faz parte do charme de Altstadt e você pode acabar encontrando um beco ou uma praça escondida.

Suba em uma das torres gêmeas de Grossmünster e veja como o rio Limmat corta a cidade antiga. Na margem esquerda está o Mindere Stadt com o pináculo de Fraumünster, e a St. Peter com a torre que ostenta o maior relógio de igreja da Europa. Na margem direita fica o Niederdorf, que os locais chamam carinhosamente de 'Dörfli', com a conhecida rua de lojas Niederdorfstrasse. Ligados pela enorme Rathausbrücke, os dois lados da cidade antiga oferecem muitas opções de entretenimento para um final de semana maravilhoso em Zurique.

O Limmat divide a cidade em duas áreas
O Limmat divide a cidade em duas áreas

Zurique

Altstadt: de Rembrandt ao bar descalço

A maioria dos visitantes de Zurique visitam apenas a cidade antiga. Com um bom motivo: há muito para ver e fazer aqui. Suba os 187 degraus da torre Grossmünster para uma vista sensacional da cidade, admire os vitrais de Marc Chagall na Fraumünster e tome um espresso no Rathaus Café admirando o rio. Passeie pelos becos sinuosos, ou ‘Gassen’, até o Kunsthaus e veja obras de arte de Rembrandt, Van Gogh, Rothko e Warhol.

Caminhe pelas pequenas praças com chafarizes ao redor da Sankt Peter até o pequeno parque Lindenhof. Um forte romano foi construído nesta colina acima do rio, na parte mais antiga de Zurique. Atravesse a Rathausbrücke e pare em um pátio no distrito Limmatquai com uma porção de raclette, enquanto observa as casas flutuantes no distrito Schipfe. Em uma noite quente de verão, relaxe no Barfussbar (“bar descalço”) no balneário de 125 anos Frauenbad, e dance descalço no cais de madeira sobre o rio Limmat enquanto o sol alaranjado lentamente desaparece atrás das torres gêmeas Grossmünster.

“Dance descalço no cais de madeira sobre o rio Limmat durante o pôr do sol”

Os melhores locais: 3 dicas

O café moderno Cakefriends vende o melhor espresso da cidade, assim como também bolos caseiros e deliciosos sorvetes. A loja principal da marca de roupas juvenis Alprausch está repleta de camisetas divertidas. Os desenhos assinados por Alpaufzug, Bügelmeier ou Bergbähnli trazem imagens de símbolos suíços como sinos de vaca, cabras da montanha ou bondes, em interpretações modernas. O bar sofisticado Wings foi mobiliado com os bens da falecida Swissair, falida em 2002. Em um dos cantos está uma fileira de assentos de classe executiva, as janelas vieram de um MD-11 (a cerveja também tem o nome desta aeronave) e os coquetéis têm nomes como Takeoff (decolagem), Turbulence (turbulência) e Jetlag. Outro fato divertido: o dono é um piloto aposentado e um dos garçons foi comissário de bordo.
Uma noite quente em Frauenbad

Créditos das fotos

  • Uma noite quente em Frauenbad: Stefan, Flickr