KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

O arquipélago paradisíaco de Uganda

Comparada a Kampala, a agitada capital, a cidade colonial de Entebbe é muito mais descontraída. Para um refúgio ainda mais relaxante, tome uma barca para o arquipélago de Ssese, com 84 ilhas nas águas azuis do Lago Victoria. Desembarque num paraíso na terra, com lindas praias de areia branca, palmeiras ondulantes, peixes voadores, bares praianos divertidos e pequenas cabines.

Metade das ilhas é desabitada e a maioria é de difícil acesso. Mas mesmo as ilhas relativamente mais populares continuam sendo agradáveis e tranquilas. Não é recomendável banhar-se ou nadar, devido ao risco da doença infecciosa esquistossomose e à presença de hipopótamos e crocodilos. Apesar disso, este ainda é um lugar maravilhoso para passar alguns dias despreocupados de lazer. Continue lendo para ter uma visão geral de três destinos de sonho nas Ilhas Ssese.

Ssese, o arquipélago paradisíaco de Uganda
Ssese, o arquipélago paradisíaco de Uganda

Entebe

A ilhota de Buggala

A praia festiva de Buggala

Buggala é a única ilha acessível de barco a partir do continente, em 3 horas de viagem, saindo de Entebbe. Esta é também a maior ilha e a mais popular, com a melhor infraestrutura turística. A principal cidade de Kalangala possui uma baía de pintura: em forma de crescente, onde cada lado é abrigado por uma península, com uma longa faixa de praia e uma série de bares de praia e hotéis. Nos fins de semana, os habitantes de Kampala vêm para cá para badalar, embora de maneira descontraída e relaxada.

+ Ler mais

Veja no mapa

Lutoboka Bay, Kalangala, Buggala Island, Uganda

Numa ilha deserta

Bulago, uma pequena ilha que se situa bem sobre o equador, fica a 45 minutos de lancha ou 8 minutos de avião a hélice, a partir de Entebbe. Só existe um resort, Pineapple Bay, mas ele oferece tudo o que você pode precisar: acomodações em vilas luxuosas numa praia paradisíaca, um excelente restaurante e uma piscina de borda infinita. Trilhas de caminhadas conduzem ao topo de uma colina, com vistas de tirar o fôlego da ilha de 2.500 metros de comprimento. Há pouca coisa mais para fazer aqui além de relaxar numa espreguiçadeira, debaixo de um guarda-sol, com uma piña colada na mão.

+ Ler mais

Resort de luxo numa ilha deserta

Veja no mapa

Pineapple Bay Resort, Bulago Island, Uganda,

www.wildplacesafrica.com
A caminho da ilha de Banda

Expedição Robinson Crusoé em Banda

Outrora ilha particular de um colono britânico excêntrico, Banda situa-se numa categoria totalmente diferente de preço e luxo. Este destino é tão mais barato quanto isolado. Há um pequeno povoado na ponta sudoeste. A cerca de mil metros na ponta leste fica Banda Island Camp, uma linda praia tropical. Uma casinha simples na praia custa cerca de 40 euros por noite, incluindo todas as refeições. Não há eletricidade e os chuveiros ficam do lado de fora – uma verdadeira experiência de Robinson Crusoe.

+ Ler mais

Veja no mapa

Banda Island Camp, Banda Island, Uganda,

www.bandaisland.biz

Créditos das fotos

  • A ilhota de Buggala: Flickr: USAID
  • Resort de luxo numa ilha deserta: Wildplaces Africa
  • A caminho da ilha de Banda: Flickr: Matthew Winterburn