KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

A Paris de Haussmann

Amplas avenidas margeadas por árvores, edifícios majestosos e balcões de ferro forjado. A notável beleza de Paris como a conhecemos hoje é em grande medida fruto do trabalho do Barão Georges-Eugène Haussmann. Encarregado por Napoleão III no século 19, esse arquiteto urbano projetou um plano viário totalmente novo. Em apenas 17 anos, Paris se transformou de uma cidade medieval em uma capital moderna.

Ainda que os planos fossem controversos na época e Haussmann tenha remodelado radicalmente grandes partes da cidade, sua visão sem dúvida contribuiu para o charme da Paris contemporânea. Inspirado em parte por Londres, ele projetou uma combinação de ruas sinuosas e encanto sofisticado. A grandeza da visão de Haussmann talvez seja melhor observada na Place Charles de Gaulle, onde está localizado o Arco do Triunfo. Doze largas avenidas se estendem pela cidade em um padrão radial – daí seu nome antigo "Place de l’Étoile", o que significa Praça da Estrela.

O característico estilo de Haussmann

Boulevard Haussmann

A influência de Haussmann pode ser encontrada em toda a cidade e, especialmente, no Boulevard Haussmann. Essa rua é margeada por edifícios no típico estilo de Haussmann: complexos de 5 a 7 andares de arenito branco com típicos balcões parisienses. Embora os edifícios possam parecer semelhantes à primeira vista, as diferenças são inequívocas. Haussmann desenvolveu diferentes estilos para cada classe social. Edifícios do mesmo tipo foram reunidos em îles (ilhas) e não eram combinados com casas de outra categoria.

Folha de ouro e mármore no Palais Garnier

Um dos edifícios mais impressionantes da era Haussmann é o Palais Garnier, um edifício conhecido pelo mundo como a Ópera de Paris. O arquiteto Charles Garnier recebeu a prestigiosa tarefa de construir um novo teatro em 1861. O edifício neo-barroco é, talvez, mais bonito por dentro do que por fora. Folhas de ouro, mármore e afrescos adornam o interior e uma espetacular pintura no teto pode ser admirada dentro do auditório. O lobby é igualmente impressionante. Decorado com mosaicos, esculturas e espelhos, o espaço garante que o público não fique entediado enquanto espera. A Ópera também é o cenário de O Fantasma da Ópera, a obra de Gaston Leroux, que, posteriormente, se tornou um dos musicais mais bem-sucedidos.

+ Ler mais

Palais Garnier

Veja o mapa

Palais Garnier, 8 Rue Scribe, 75009 Paris, França