KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Os jardins secretos de Paris

Paris é uma das capitais mais verdes da Europa e possui parques belíssimos, como Versailles e o Jardim das Tulherias. Mas também existem vários jardins secretos em meio das largas avenidas e becos antigos: espaços maravilhosos para uma caminhada despretensiosa ou um piquenique romântico. Você só precisa saber onde encontrá-los.

Paris possui mais de 400 jardins. Muitos deles são heranças da administração de Jacques Chirac, que reformou inúmeras praças esquecidas e jardins abandonados ao longo de seus 18 anos como prefeito de Paris (de 1977 a 1995). Esses praças e jardins foram transformados em refúgios verdes no meio da cidade. Nesses pequenos oásis repletos de flores e plantas, os moradores de Paris podem fazer uma pausa na rotina, ler um livro ou bater papo com os amigos.

Natureza tosca no coração da cidade

Tranquilidade suíça

Ao lado do Palais de la Découverte, que fica próximo à Champs-Élysées, há uma escultura de Alfred de Musset. À direita da estátua, fica um caminho que leva a um dos segredos mais bem-guardados de Paris: o Jardin de la Vallée Suisse. Esse vale suíço, que faz parte do Jardins des Champs-Élysées, é um oásis de tranquilidade em meio da agitação da cidade. Dê asas à sua imaginação em meio dos limoeiros, bambus e lilás ouvindo o som da água que faz esquecer-se da vida na cidade.

+ Ler mais

Veja a localização no mapa

Avenue du Général Eisenhower

A árvore mais antiga de Paris

A Praça René Viviani, no Quai de Montebello, na margem esquerda do Rio Sena, oferece uma das vistas mais bonitas da Catedral de Notre-Dame. Em meio das plantas, roseiras e bancos desse pequeno parque fica uma acácia plantada em 1601 que é considerada a árvore mais antiga de Paris. A bela fonte no meio do jardim ilustra a lenda de São Julião o Pobre, a quem a igreja ao lado do jardim é dedicada.

+ Ler mais

Igreja de São Julião o Pobre e a árvore mais antiga de Paris

Veja a localização no mapa

Quai de Montebello

Jardins da realeza

Localizado ao lado do Jardim das Tulherias, o Jardin du Palais-Royal é muito mais tranquilo que o famoso vizinho. Esse oásis verde é rodeado por prédios em todos os lados, e é fácil passar batido por sua entrada. O jardim tem a típica elegância parisiense: dois gramados belíssimos com canteiros de flores coloridas são separados por uma linda fonte, e todo o jardim é cercado por uma cerca viva podada com esmero.

Há diversas lojas e cafés nas arcadas do palácio. Se estiver à procura de um souvenir romântico, visite o Salons du Palais Royal Shiseido. Essa loja é um sonho que combina a elegância parisiense com o refinamento japonês. O proprietário, Serge Lutens, é perfumista da Shiseido e cria as fragrâncias mais extraordinárias, sendo que muitas delas só são vendidas nessa loja. Suas iniciais ou as iniciais de uma pessoa especial podem ser gravadas nos frascos.

+ Ler mais

Le Jardin du Palais-Royal

Veja a localização no mapa

Rue de Valois

Créditos das fotos

  • Natureza tosca no coração da cidade: Klasse im Garten, Flickr