KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

O cemitério de navios de Aruba

O mar de Aruba é um verdadeiro cemitério de navios. Alguns dos navios foram atingidos por torpedos, outros sucumbiram a tempestades. Hoje em dia, alguns navios são até afundados de propósito. Por quê? Porque os navios afundados não são apenas disputados por peixes, mas também por mergulhadores profissionais e amadores, que podem explorar o mundo submarino enquanto aprendem um pouco de história.

O mergulho com cilindro e snorkel ao redor de um navio naufragado é uma das experiências mais encantadoras do mundo submarino. Aruba é cercada por alguns dos maiores e mais impressionantes navios naufragados do mundo, e também há alguns aviões, que caíram no mar. Quanto mais antigo for o naufrágio, maior será a quantidade de corais, esponjas e pólipos marinhos, criaturas assustadoras, mas cheias de cor e movimento.

Nade dentro do navio passando pelas grandes janelas

O navio fantasma de Aruba

Quando a Alemanha invadiu a Holanda no início da Segunda Guerra Mundial, o navio cargueiro alemão SS Antilla foi afundado na costa de Aruba. Para manter a embarcação a salvo de mãos inimigas, a tripulação o incendiou. Atualmente, ele é conhecido como o Navio Fantasma de Aruba e é um dos grandes naufrágios do Caribe. Essa embarcação de 122 metros de comprimento está em águas rasas e as correntes ao redor são suaves, o que a torna uma atração adequada para mergulhadores de nível intermediário.

Jane Cocaine

Os restos do Jane ficam no lado oeste do Recife Barcadera, a uma profundidade de 27 metros. Esse navio cargueiro venezuelano de 75 metros de comprimento foi construído para transportar cimento, mas foi capturado com cocaína. O Jane foi afundado em 1988 e, desde então, diversos corais floresceram no navio e ao redor dele. Os destroços logo atraíram barracudas, moreias, arraias e diversos peixes coloridos. Mergulhadores experientes podem explorar os enormes compartimentos de carga.

“As arraias se sentem em casa ao redor do Jane C”

O YS-11 da Aruba Airlines

Destroços de um avião

Há restos de um avião perto da Renaissance Island, uma ilha estreita e comprida perto de Oranjestad. Esse YS-11 de fabricação japonesa fez parte da frota da Aruba Airlines, cujo logotipo ainda está visível na fuselagem. O avião está em posição de decolagem, 27 metros abaixo da superfície. A cabine do piloto está intacta, e é possível nadar por dentro da aeronave.

Créditos das fotos

  • Nade dentro do navio passando pelas grandes janelas: american_rugbier, Flickr
  • O YS-11 da Aruba Airlines: star5112, Flickr