KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

A natureza intocada de Bonaire

No noroeste de Bonaire fica o Parque Nacional Washington Slagbaai. Com nada menos que 5.600 hectares de natureza intocada, o parque ocupa uma quinta parte da ilha. Criado em 1969, este é o primeiro parque nacional das ex-Antilhas Holandesas. O parque inclui praias, dunas, florestas, mangues e salinas.

O parque abriga ainda plantas e animais nativos, incluindo várias espécies ameaçadas como flamingos, papagaios e iguanas. Esse parque é também o refúgio de aves migratórias e tartarugas-marinhas raras põem seus ovos nas praias do local. Além de várias trilhas, há duas rotas de carro, com 28 e 45 quilômetros. A entrada principal fica no lado sudeste do parque, a uns 5 quilômetros da aldeia de Rincon. Os ingressos podem ser comprados no armazém cor de ocre.

O que é um nome?

O nome Washington Slagbaai reflete uma longa história. O parque está situado em uma área que abrigava plantações. Os últimos proprietários, que exportavam produtos como sal, carvão e aloé, chamavam a plantação do norte de "América". A entrada tinha um pequeno escritório, no qual os trabalhadores recebiam seu salário. Como o pagamento era muito importante para eles, eles chamaram o escritório de "Washington" em referência à capital dos Estados Unidos. O nome ficou. "Slagbaai" refere-se ao abate das cabras que costumavam viver ali, que eram salgadas e enviadas para Curaçao.

+ Ler mais

Museu do Parque Nacional

Veja o mapa

Centro de visitantes do Parque Nacional Washington Slagbaai, Bonaire, Antilhas Holandesas

Colinas de sal

As salinas de Bonaire

Bonaire possui um grande número de salinas. As maiores estão localizadas no Washington Slagbaai. No passado o nível do mar era muito mais elevado. Quando baixou, parte da água salgada permaneceu atrás dos recifes de coral, criando as salinas. Os lagos são importantes para a preservação do coral, já que filtram as partículas prejudiciais da água da chuva. A água salgada também é a preferida dos flamingos.

+ Ler mais

Iguana-verde

A fauna do Washington Slagbaai

O Washington Slagbaai tem diversas espécies nativas. A iguana-verde, por exemplo, é raramente encontrada em outro local, já que sua carne saborosa representa um popular alvo de caça. Protegidas no parque, as iguanas podem ser facilmente encontradas entre rochas ou próximas a cactos. As aves raras incluem a cambacica e o pássaro-das-cem-línguas, frequentemente vistos nas águas frescas do lago Pos Mangel. Se tiver sorte, você poderá ver um colorido papagaio caribenho.

Caminhada até o topo do Brandaris

Há três trilhas no Washington Slagbaai, sendo que duas levam ao ponto mais alto de Bonaire, o Monte Brandaris. Este monte de 241 metros era usado como farol e seu nome é uma corruptela da frase em holandês "Brand, daar is", que significa "há fogo". O melhor horário para escalar a colina é antes do meio-dia, já que depois desse horário a temperatura costuma ficar quente demais. Ao chegar ao topo do Brandaris, em dias claros é possível ver até a costa da Venezuela.

+ Ler mais

Paisagem do deserto
Gêiser Supladó

Belezas naturais

Washington Slagbaai tem várias vistas naturais únicas. A três quilômetros da entrada principal, por exemplo, você encontrará a salina Matijs. Esse lago salgado é um local de alimentação popular entre os flamingos. No nordeste do parque, há um gêiser chamado Supladó, onde as ondas do oceano batem na baía em forma de funil de forma que a pressão do ar cria um espetacular esguicho de água salgada. Outra atração imperdível é a Boka Kokolishi, uma das enseadas mais impressionantes da ilha, na qual a grande quantidade de algas presentes dá à água do mar um brilho roxo mágico.

Créditos das fotos

  • Museu do Parque Nacional: J. Stephen Conn, Flickr