KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Trens e totens em Stanley Park

O coração verde de Vancouver se chama Stanley Park. Nestes 1.000 acres de beleza natural, os habitantes de Vancouver vêm se divertir, e realmente há muito o que fazer! A atração mais popular é o Seawall, uma muralha de 22 quilômetros de extensão junto ao mar que quase dá a volta completa no Stanley Park.

Diariamente um grande número de corredores, caminhantes, skatistas e ciclistas ocupam o Seawall. O caminho é perfeito para a prática de vários esportes e oferece vistas maravilhosas do oceano e da montanha. A construção de Seawall começou em 1917, com o objetivo de evitar a erosão da costa. Foram necessários 60 anos para completar Seawall, mas, de acordo com os moradores, foi uma das melhores coisas que a cidade ganhou.

Stanley Park visto do ar
Stanley Park visto do ar

Vancouver

Stanley Park Miniature Train, o minitrem

Stanley Park Miniature Train, o minitrem

Uma das formas mais agradáveis de se explorar o parque é com o minitrem Stanley Park Miniature Train. O trem percorre uma estrada de 2 quilômetros em meio a uma natureza deslumbrante, sobre pontes e através de túneis. A locomotiva é uma réplica da Canadian Pacific Railway # 374, o primeiro trem de passageiros que chegou a Vancouver em 1887. Algumas vezes por ano, o trem oferece viagens temáticas especiais: em outubro, ele se transforma no Trem Fantasma para Halloween, e durante o período das festas de inverno, ele viaja como Bright Nights Christmas Train (Trem das Noites Luminosas de Natal), através do parque magicamente iluminado.

Totens coloridos

A mais famosa atração de Stanley Park é a coleção de totens em Brockton Point. Ao longo dos anos, foram encontrados vários totens em Vancouver e no entorno. As réplicas desses totens ficam agora expostas no parque – as peças originais, algumas das quais datando de 1880, estão espalhadas por vários museus. Os 9 totens apresentam histórias míticas que foram esculpidas por antigas tribos nativas e todos são pintados, exceto um. O 9º totem não pintado foi incluído em 2009 por Robert Yelton, membro da Squamish Nation, para marcar o lugar onde a família Yelton originalmente viveu. O totem é um tributo a sua mãe, uma das últimas pessoas a viver no Stanley Park.
Os totens de Stanley Park
O Aquário de Vancouver

O Aquário de Vancouver

No meio da vegetação do Stanley Park fica o Aquário de Vancouver (Vancouver Aquarium). Esse aquário abriga mais de 50 mil animais, incluindo lontras marinhas, golfinhos, sucuris e tubarões. Eles nadam em grandes tanques de água que também abrigam outros seres marinhos, como corais, estrelas do mar e plantas aquáticas. O aquário defende a preservação dos oceanos e conscientiza os visitantes sobre a causa por meio de várias mostras interativas. A renda da venda dos ingressos é usada para financiar projetos de conservação dos oceanos.

Stanley Park Hollow Tree, a árvore oca

A árvore oca, Stanley Park Hollow Tree, tem um lugar especial no coração dos habitantes de Vancouver, os Vancouverites. A árvore tem entre 700 e 800 anos de idade e apresenta uma grande abertura na base de seu tronco. Ao longo da história, ciclistas, carros e até elefantes posaram para fotos na abertura da árvore. Uma forte tempestade em 2006 danificou a árvore e, por razões de segurança, a prefeitura planejou cortar a Hollow Tree. Um grupo de residentes não concordou com a decisão e entrou em ação. Com a promoção de uma campanha maciça para angariar fundos, o grupo conseguiu recursos suficientes para estabilizar a árvore. Graças a seus esforços, a Hollow Tree ainda faz parte do Stanley Park.
Stanley Park Hollow Tree, a árvore oca