KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Vieux Nice

Vieux Nice é um ótimo lugar para ser explorado a pé. O bairro mais antigo da cidade é formado por uma série de praças e ruas charmosas, cheias de casas amarelas e vermelhas com persianas verdes. Seus inúmeros cafés, restaurantes e lojas garantem um ambiente animado até tarde da noite. Dê uma volta matinal pelo agradável mercado Cours Saleya.

Cheio de monumentos barrocos, casas de cor ocre e becos estreitos com roupas secando nas janelas, Vieux Nice exala uma atmosfera mediterrânea que às vezes parece mais italiana que francesa. Isto não é uma grande surpresa, já que ao longo dos vários séculos, “Nizza” caiu com frequência em mãos de governantes italianos. Foi somente em 1859 que o Reino da Sardenha entregou oficialmente a cidade para a França. Ainda hoje se encontram muitos vestígios desses períodos italianos no dialeto e na cultura de Nice.

Uma rua pequena em Vieux Nice
Uma rua pequena em Vieux Nice

Nice

Barroco italiano no Palais Lascaris

No coração da cidade velha situa-se o opulento Palais Lascaris. A entrada é gratuita, portanto você pode simplesmente aparecer e visitá-lo. Do século XVII até a Revolução Francesa, a mansão pertenceu à aristocrática e influente família Lascaris de Vintimille. A entrada numa pequena rua é bastante discreta, mas uma vez lá dentro, você vai se maravilhar com o exuberante interior em estilo barroco italiano. A escadaria e as salas do segundo andar são lotadas de afrescos, estuques e molduras douradas. O palácio também abriga um museu regional de artefatos e instrumentos musicais antigos. No térreo encontra-se uma farmácia do século XVIII restaurada.

“Uma das famílias mais poderosas de Nice viveu mais de 150 anos no Palais Lascaris”

A catedral iluminada

Catedral Sainte-Réparate

Localizada a poucas ruas de distância do Palácio, a catedral do século XVII de Sainte-Réparate é outro belo exemplar do barroco italiano. Sua característica mais atraente é a grande cúpula com telhas coloridas e esmaltadas que brilham ao sol. A torre do relógio, alta e branca, que se eleva acima das casas amarelas e vermelhas de Vieux Nice, só foi construída no século XVIII. A fachada verde e amarela também é de uma data posterior. Diagonal à Catedral, na bela Place Rossetti, fica a famosa sorveteria Fenocchio, no mesmo endereço desde 1966. Este é com certeza o lugar para provar sabores exóticos. Experimente uma casquinha de sorvete de alecrim ou de tomate com manjericão, ou quem sabe um sorvete de lavanda!

O ambiente divertido e animado de Cours Saleya

O mercado Cours Saleya

Movimentado, colorido e charmoso: Cours Saleya é um dos mercados mais lindos da França. Aqui você encontrará uma quantidade de flores e produtos locais, como ervas da Provence, azeitonas e sabonetes de Marselha. Os diversos terraços charmosos que cercam o mercado são perfeitos para uma xícara de café ou para provar um prato local. Nas barracas, você pode saborear um "socca", uma espécie de crepe feito de massa de grão de bico. Ou experimente um “pan bagnat”, um sanduíche local recheado com quase os mesmos ingredientes de uma salada niçoise. Todo dia é dia de mercado. Só às segundas-feiras a seleção de produtos é um pouco diferente: é quando o Cours Saleya se transforma num grande mercado de pulgas.

Créditos das fotos

  • A catedral iluminada: karen, Flickr
  • O ambiente divertido e animado de Cours Saleya: Steve Allen, 123rf