KLM uses cookies.

KLM’s websites use cookies and similar technologies. KLM uses functional cookies to ensure that the websites operate properly and analytic cookies to make your user experience optimal. Third parties place marketing and other cookies on the websites to display personalised advertisements for you. These third parties may monitor your internet behaviour through these cookies. By clicking ‘agree’ next to this or by continuing to use this website, you thereby give consent for the placement of these cookies. If you would like to know more about cookies or adjusting your cookie settings, please read KLM’s cookie policy.

Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Zebras selvagens na cidade

Muitas pessoas que vêm visitar a África do Sul esperam vislumbrar um pouco da magnífica vida selvagem do país. Porém, os que estão numa viagem curta à cidade provavelmente não terão tempo de visitar uma das famosas reservas de vida selvagem. Felizmente, há algumas oportunidades dentro dos limites da cidade de Johannesburgo, já que a Reserva Natural de Klipriviersberg fica a apenas 11 quilômetros ao sul do centro da cidade.

Esta reserva possui uma rede de trilhas de caminhada em meio a um cenário de morros e grandes planícies cobertas de vegetação. A atração mais notável são os animais de grande porte, como as manadas de zebras – uma linda visão com o pano de fundo da cidade. Além de uma fauna e flora únicas, a reserva também possui um patrimônio histórico rico e surpreendente. Os visitantes podem observar não só os vestígios do mais recente assentamento de Johannesburgo, mas também as descobertas arqueológicas que remontam a centenas de milhares de anos.

Uma zebra em Johannesburgo
Uma zebra em Johannesburgo

Joanesburgo

Joia do sul

A reserva também é conhecida como a joia do sul de Johannesburgo, graças a sua grande biodiversidade. Essa reserva não é apenas lar de zebras, mas também abriga gazelas cabra-de-leque, búbalus e gnus. Klipriviersberg é um paraíso para os observadores de pássaros: mais de 215 espécies diferentes de aves foram avistadas nos 680 hectares de reserva natural. Elas vivem entre as 600 espécies diferentes de plantas nativas. A maioria dos visitantes do parque vem para fazer uma caminhada na ampla rede de trilhas. Os caminhos abrangem desde trilhas muito fáceis e planas até outras muito exigentes e íngremes. Este é também um destino maravilhoso para famílias com crianças. Todo segundo e quarto sábado de cada mês, há tours de caminhada gratuitos com um guia da natureza. Dessa maneira, você voltará para casa com um pouquinho mais de conhecimento sobre a flora e a fauna da África do Sul.

+ Ler mais

“A reserva não é apenas lar de zebras, mas também abriga gazelas cabra-de-leque, búbalus e gnus”

Veja no mapa

The Klipriviersberg Nature Reserve

Pré-história no parque

O patrimônio de Klipriviersberg remonta aos tempos pré-históricos. Achados arqueológicos revelaram que o homem pré-histórico caçava animais selvagens nesta região. Muito mais tarde na história, começando no século XV, as tribos do povo Tswana aqui se estabeleceram. Um século depois que eles partiram, a área foi ocupada por Sarel Marais, um fazendeiro. As ruínas dessa fazenda ainda podem ser vistas ao sul da reserva. Em torno de 1900, essa área foi um importante campo de batalha na Segunda Guerra dos Bôeres.