Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Arte e cerejas no Walker Art Center

Um dos melhores museus de arte dos Estados Unidos é o Walker Art Center em Minneapolis. O museu recebeu o nome de Thomas Barlow Walker, que abriu sua coleção particular de arte para o público em 1879. Foi somente em 1927 que o Walker Art Center se tornou oficialmente um museu e ele exibe uma coleção muito impressionante de arte moderna.

O Walker Art Center é uma obra arquitetônica notável. Seu prédio de tijolos, projetado pelo arquiteto Edward Larrabee Barnes, foi inaugurado em 1971. O museu adquiriu seu ar moderno atual em 2005, graças ao plano diretor do famoso escritório suíço de arquitetura Herzog & de Meuron, que projetou o anexo de vidro e alumínio. As instalações do museu incluem um total de 11 espaços de exposições e também um cinema, um teatro e uma variedade de restaurantes.

De Picasso a Warhol

Com uma grande coleção de arte dos séculos XX e XXI, o Walker Art Center é visita imprescindível para os amantes das artes. Admire as obras de artistas famosos como Picasso e Giacometti ou aprecie a pop art de Andy Warhol. O museu também exibe a arte minimalista de Agnes Martin e Sol LeWitt e mostra o movimento moderno de arte italiana Arte Povera. O museu tem seu próprio teatro, o Nadine McGuire Theater, que apresenta regularmente música, peças de teatro e dança. O Walker Cinema exibe filmes e oferece palestras.

Spoonbridge and Cherry, colher e cereja

“O Minneapolis Sculpture Garden (Jardim de Esculturas de Minneapolis) combina sem esforço plantas e cultura”

Um excêntrico jardim de esculturas

Bem ao lado do Walker Art Center fica o Minneapolis Sculpture Garden. Desde sua inauguração, em 1988, o jardim se tornou uma das maiores atrações de Minneapolis. O jardim de esculturas é uma mistura de lindos gramados, arbustos cuidadosamente podados e arte abstrata. Há 40 obras em exibição permanente, mas o parque também recebe um impulso adicional de arte com a mudança periódica das exposições temporárias. O que mais atrai o olhar é a obra de arte conhecida como “Spoonbridge and Cherry”: uma colher gigante com uma cereja. A escultura foi especialmente criada para o parque pelos artistas pop Claes Oldenburg e Coosje van Bruggen e se tornou um ícone de Minneapolis.



Outros artistas renomados também deixaram sua marca aqui: o famoso arquiteto Frank Gehry (mais conhecido pelo Museu Guggenheim de Bilbao) criou a escultura “Standing Glass Fish”. Outra escultura notável é a ponte de pedestres Irene Hixon Whitney, feita de aço e madeira. A ponte atravessa as rodovias e coneta o Minneapolis Sculpture Garden ao Loring Park.

Créditos das fotos

  • Spoonbridge and Cherry, colher e cereja: Photo.ua, Shutterstock