Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

A praça mais movimentada da Austrália

A Federation Square (Praça da Federação) foi inaugurada em 2002 para celebrar o centenário da Federação Australiana. Situada entre o Central Business District (CBD / Distrito Financeiro Central) e o South Bank (Margem Sul) de Melbourne, a praça é um tributo à arte e à cultura do país. Sua construção resultou num verdadeiro renascimento do centro de Melbourne, que continua ainda hoje.

A Federation Square tornou-se em um lugar popular para todo tipo de reunião, performance e festival – mais de 2 mil eventos por ano acontecem aqui. Um telão permanente exibe importantes jogos de futebol e tênis. Durante a Melbourne's Fashion Week, imagens de top models em saltos altos enchem a tela.

Pátio na Federation Square
Pátio na Federation Square

Melborne

Um design polêmico

Antes da construção da praça, a área havia sediado um mercado de peixe, um centro empresarial e uma estação de triagem. Trilhos de bonde separavam o centro da cidade das margens do Rio Yarra. Finalmente, decidiu-se ocultar os trilhos no subsolo, sob uma grande praça. Parece simples, mas todo o empreendimento revelou-se extremamente complicado; foi o projeto mais ambicioso já realizado pelo Estado de Victoria.

A construção, que acabou custando 295 milhões de euros, teve início em 1998 e rapidamente tornou-se tema de muitos debates públicos acalorados. Os moradores conservadores criticaram fortemente o projeto, enquanto a comunidade internacional de design não lhe poupou elogios. Os opositores argumentaram que a praça ficaria vazia devido à sua localização perto do enfadonho centro comercial. Ficou provado que eles estavam errados: a atividade na Federation Square revitalizou todo o centro de Melbourne.

Os trilhos desapareceram sob a praça
Quase sempre há alguma coisa acontecendo

Arte e cultura

Além de comer e beber nos inúmeros cafés e restaurantes, você também pode visitar o Ian Potter Centre, dedicado à arte australiana. Várias galerias focam o trabalho do povo aborígene e dos nativos das ilhas no Torres Strait (Estreito de Torres), entre a Austrália e a Nova Guiné. O Australian Centre for the Moving Image (ACMI) exibe imagens em movimento sob todas as suas formas.

+ Ler mais

The Australian Centre for the Moving Image (Centro de Imagem em Movimento)

Veja no mapa

Federation Square, Melbourne

Créditos das fotos

  • Quase sempre há alguma coisa acontecendo: Bernhard Richter, Shutterstock
  • The Australian Centre for the Moving Image (Centro de Imagem em Movimento): eddixendersson, Flickr