Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Botany Bay: a origem da Austrália

Botany Bay fica a apenas alguns quilômetros do centro financeiro de Sydney: este é o lugar onde os ingleses, sob o comando do Capitão James Cook, pisaram a costa pela primeira vez, em 1770. Hoje a baía faz parte do Botany Bay National Park (Parque Nacional de Botany Bay), repleto de lindas paisagens, trilhas naturais e museus fascinantes.

Inicialmente, os ingleses chamaram a baía de Sting Ray Harbour, devido à grande quantidade de arraias-manta (jamantas) que aí encontraram. Mas, em poucos dias, mais de 3 mil novas espécies de plantas foram descobertas, e Sting Ray Harbour foi rebatizada de Botany Bay.

O Lugar de Desembarque do Capitão Cook

No rastro de James Cook

O lugar onde o Capitão Cook desembarcou pela primeira vez, no Cabo sul da baía, está identificado agora como "Cook's Landing Place". Há um monumento em forma de obelisco de pedra, e o centro de visitantes tem várias mostras que fornecem mais informação sobre a história de Botany Bay. A chegada de Cook teve um forte impacto sobre os nativos na Austrália, os Aborígenes, que foram expulsos de suas áreas ou mortos.

A primeira esquadra

Janeiro de 1788 marcou a chegada da Primeira Esquadra da Grã Bretanha, 18 anos depois da chegada do Capitão Cook. Onze navios com mais de mil colonos, incluindo condenados, chegaram à costa para estabelecer a primeira colônia britânica. Dois dias depois, o Capitão Arthur Phillip fincou a bandeira britânica na Enseada de Sydney (Sydney Cove), tomando posse do país em nome do Reino Unido – todo ano, no dia 26 de janeiro, o país celebra o evento com o Dia da Austrália. A data é um feriado nacional, e há festividades por todo o país, inclusive em Sydney. A programação muda a cada ano, mas o dia sempre termina com uma queima de fogos espetacular.

Espetacular queima de fogos em Sydney
O Museu La Perouse

Infortúnio de La Perouse

Outro navegador que desembarcou em Botany Bay – também em janeiro de 1788 – foi Jean-François de Galaup, Conde de La Perouse. Ele fornecia suprimentos vitais para os colonos. Mas, em uma de suas muitas viagens, os navios de La Perouse afundaram em circunstâncias misteriosas: os destroços foram descobertos muitos anos depois nas Solomon Islands. No Cabo Norte de Botany Bay fica o La Perouse Museum e seu Centro de Visitantes, em sua maior parte dedicados ao navegador francês e sua esquadra. O museu exibe uma grande coleção de mapas, instrumentos de navegação e relíquias resgatadas dos escombros dos navios da expedição de La Perouse.

Pássaros e peixes

A combinação de natureza e história fazem de Botany Bay um destino atraente. O belo Parque Nacional é o habitat de plantas nativas únicas, dezenas de espécies de pássaros e um mundo subaquático rico. Também é um lugar de mergulho muito procurado. Há excelentes trilhas de caminhada e quilômetros de praias de areia branca. Visite o mirante em Quibray Bay, um excelente ponto de observação de pássaros.

Garça de cara branca

Créditos das fotos

  • Garça de cara branca: Foto White-faced heron: Tony Rodd, Flickr