Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Santuário charmoso: a Capela Alto Vista

A Capela Alto Vista está situada bem alto em uma colina com vista para a paisagem de Aruba. É um pequeno santuário iluminado por velas, que criam um ambiente especial. Todos são bem-vindos para apreciar o clima de tranquilidade ou assistir a uma das missas semanais, independentemente da crença. O prédio foi construído em 1952, mas o local tem uma história muito mais antiga, pois ali foi construída a primeira igreja de Aruba.

A pequena capela amarela está localizada no nordeste da ilha, perto da cidade de Noord e do Arikok Park. Ela tem quase vista livre para a ilha e o mar, apenas cactos e pequenos arbustos crescem ao redor do prédio. A Capela Alto Vista, também chamada de “igreja dos peregrinos”, fica no fim de uma estrada longa e sinuosa. Cruzes brancas indicam o caminho. Como a estrada não é asfaltada, o deslocamento levanta um pouco de poeira.

Pioneiros católicos

A Capela Alto Vista original foi construída em 1750 sob a supervisão do missionário venezuelano Domingo Antonio Silvestre, embora nenhum padre morasse na ilha. Ele conquistou a confiança dos Caquetios e pagou a construção com seu próprio dinheiro. Mas a capela não ofereceu proteção contra a peste negra, que se espalhou pela ilha 26 anos mais tarde. Os fiéis que sobreviveram deixaram o local. Depois de muitas décadas de abandono, a capela se transformou em ruínas. Mas graças à determinação de uma professora, ela foi reconstruída 136 anos após ser abandonada.

A Capela Alto Vista com labirinto
A capela foi restaurada graças à professora Francisca

A determinada Francisca

Enquanto fazia uma trilha com sua turma na década de 1940, a professora Francisca Henriques Lacle descobriu uma pequena pintura da Virgem Maria cercada de flores e velas. Ela interpretou o fato como uma comprovação de que os moradores da ilha ainda tinham muito carinho pelo local. Embora o Bispo de Curaçao tenha rejeitado originalmente a proposta de reconstruir a capela, Francisca arrecadou 5.000 florins por meio de piqueniques para encomendar uma grande estátua da Virgem Maria à Holanda. Quando a estátua chegou à ilha, o bispo deu a sua bênção para a construção. A capela que ela ajudou a reconstruir voltou a ficar de pé.

+ Ler mais

O labirinto da paz

Perto da capela fica o labirinto da paz, que é usado pelos peregrinos para orações e meditação. Não existe um caminho “certo” neste pequeno labirinto. Cada um dos 11 caminhos tem uma característica própria. Escolha um caminho aleatoriamente e aprecie a experiência meditativa.