Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Fuja para Point Reyes

Uma viagem para fora da cidade cruzando a Golden Gate Bridge leva você por paisagens completamente diferentes. Falésias acidentadas, belíssimos campos verdes e uma diversidade de vida silvestre: bem-vindo a Point Reyes National Seashore, um parque com incontáveis trilhas de ciclismo e caminhada e um litoral de 130 quilômetros de comprimento, para aproveitar a brisa fresca do mar. E tudo isso a um pulo da cidade.

O Presidente John F. Kennedy declarou Point Reyes um Parque Nacional em 1962. Além de sua beleza natural, o parque tem também uma importância histórica. Há cerca de 5 mil anos, este era o lar dos índios Coast Miwok. Conta-se que o explorador inglês, Sir Francis Drake, desembarcou aqui em 1579 e colocou Point Reyes no mapa.

Point Reyes National Seashore
Point Reyes National Seashore

São Francisco

Um farol no nevoeiro

Point Reyes é conhecido como um dos lugares mais cheios de nevoeiro nos Estados Unidos da América. No verão, o nevoeiro torna-se tão denso que a visibilidade não passa de alguns poucos metros – por isso o farol. Por mais de um século, o farol irradiou sua luz sobre as ondas do oceano, mas foi substituído por uma iluminação automatizada em 1975. O velho farol é agora uma das mais famosas atrações de Point Reyes. Uma escada com 310 degraus conduz a uma ponta rochosa que é o ponto mais ocidental do parque. Nos meses de abril, maio e junho, este é o lugar perfeito para avistar baleias ao longo da costa, em sua migração para o norte.

O farol de Point Reyes
Rebanho de alces norte-americanos (Tule Elk) em Tomales Point

Um alce raro

Uma seção exclusiva do parque é a Tule Elk Preserve em Tomales Point, onde circula um grande rebanho do raro alce norte-americano tule. Essa espécie foi praticamente extinta em fins do século XIX. Em 1978, um pequeno rebanho foi introduzido em Tomales Point, e a partir daí os alces se multiplicaram rapidamente. Existem hoje 450 alces vivendo em Point Reyes National Seashore. Julho, agosto e setembro são meses de acasalamento, quando voluntários esclarecem os visitantes curiosos sobre o alce e seus hábitos.

O litoral de Point Reyes

Cachoeiras e piscinas naturais

Com o vento constante e as temperaturas da água que raramente ultrapassam os 10 graus Celsius, o banho de sol não é particularmente recomendado aqui. É melhor concentrar-se na natureza, já que ela oferece paisagens lindas de tirar o fôlego. Cada praia tem seus próprios destaques. Na Wildcat Beach, por exemplo, duas cachoeiras caem da falésia diretamente no oceano, e na Palomarin Beach, há uma quantidade de piscinas naturais a explorar durante a maré baixa, cheias de peixes coloridos. Nunca foi tão variado passear pela praia!

As Alamere Falls em Wildcat Beach