Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Palácio gigante do Parlamento no centro de Bucareste

Um edifício com 12 andares, 270 metros de comprimento e 245 metros de largura, 48 metros visíveis acima do solo e 15 metros escondidos abaixo. Não é fácil encontrar um edifício maior que o Palácio do Parlamento em Bucareste. Quando o ditador romeno Nicolae Ceauşescu ordenou a construção desta estrutura extremamente luxuosa, uma grande parte do centro histórico de Bucareste teve que arcar com as consequências. Um bairro inteiro, estádio, igrejas, conventos e sinagogas foram derrubados para dar espaço à estrutura.

Quando o edifício foi construído, toda a economia do país prestou serviços ao palácio. Tudo foi construído com materiais 100% romenos. Toda a produção de mármore foi usada para o palácio durante a construção, e as lapides para os mortos deveriam ser feitas de outros materiais, como madeira. Atualmente, o palácio abriga o parlamento romeno, mas nem isso é o suficiente para enchê-lo. Assim, o edifício serve para outras funções e é frequentemente usado como um centro de conferências. A ala oeste do edifício abriga o Museu Nacional de Arte Moderna.

O Palácio do Parlamento
O Palácio do Parlamento

Bucareste

Aritmética inspiradora

Quando falamos da construção do Palácio do Parlamento, os números são assombrosos. O desenho e construção do edifício envolveram 700 arquitetos e 20.000 trabalhadores. Apenas materiais romenos foram permitidos na construção, incluindo um milhão de metros cúbicos de mármore, 3.500 toneladas de cristal, 700.000 toneladas de aço e bronze, 900.000 metros cúbicos de madeira de 200.000 metros quadrados de tapeçarias. O resultado é uma construção gigantesca que se iguala às pirâmides de Gizé em termos de volume. O lugar possui aproximadamente 1.000 quartos e incontáveis salões, corredores, escadarias monumentais e nada menos do que 40 elevadores. A superfície total da área é de 340.000 metros quadrados.

Assim, o Palácio do Parlamento é o segundo maior edifício do mundo, estando o Pentágono Americano em Washington em primeiro lugar. De acordo com o Guinness Book of World Records, o palácio não é apenas o mais pesado, mas também o edifício mais dispendioso do mundo. A pequena parte aberta ao público é luxuosamente decorada. Enormes lustres de cristal, mosaicos e brilhos de folhas de ouro de todos os ângulos – prata e ouro foram até bordados nas cortinas.

Teto suntuosamente decorado

Um ímã para celebridades

Apesar de todo seu ouro e cristal, o palácio já foi descrito como um grande bolo de casamento Stalinista. Mas isso não impediu ninguém de usá-lo para conferências internacionais, casamentos prestigiosos, filmagens ou desfiles de moda. As celebridades em especial têm uma fraqueza pelo palácio. Michael Jackson terminou uma coletiva de imprensa aqui com um moonwalk, e depois apareceu na sacada e gritou “eu te amo, Budapeste” para surpresa dos fãs. A cantora Shakira também cantou aqui e os apresentadores do ‘Top Gear’ correram pelos túneis do subsolo para mostrar o quão imenso é o edifício.