Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

História no Palácio de la Moneda

Nenhum lugar em Santiago tem mais importância histórica que o Palácio de la Moneda. Atual sede do Governo chileno, o palácio foi cenário de um violento golpe em 1973 que acabou custando a vida de milhares de chilenos. Hoje La Moneda é também um marco arquitetônico interessante, onde é possível aprender sobre a cultura e a história do Chile numa visita ao centro cultural que existe em seu subsolo.

Originalmente, La Moneda não era um palácio: foi construído em 1784 para ser a sede da Casa Nacional da Moeda. O prédio herdou o nome da palavra espanhola para moeda – “moneda”. Só passou a ser sede do governo em 1846. Em 1973, o mundo viu o palácio ficar no centro do violento golpe desferido pelo General Pinochet. La Moneda foi duramente bombardeado quando o presidente em exercício Salvador Allende se recusou a abandoná-lo. Em 1981, ele foi reintegrado como palácio.

La Moneda
La Moneda

Santiago do Chile

“O interior de La Moneda tem cores chamativas, com salas amarelas, vermelhas e azuis”

Interior colorido

Um tour pelo palácio abrange vários salões magníficos. O ponto alto é o Salón Independencia. Nos séculos XVIII e XIX, era geralmente de um dos balcões deste salão que o povo chileno recebia importantes notícias do governo. Hoje também é de onde cada novo presidente eleito se dirige ao povo. O interior de La Moneda tem cores chamativas, e alguns salões são lindos, pintados de amarelo, vermelho e azul. Outro acontecimento especial é a mudança oficial da guarda. A cerimônia é realizada dia sim, dia não. Confira a programação antes de sua visita.

Cultura no porão

Em 2010, uma nova praça foi inaugurada perto do palácio: Plaza de la Ciudadanía. Debaixo dessa praça fica o mais importante centro cultural chileno, o Centro Cultural Palacio de la Moneda. Com acesso nas calçadas que descem para o atrium, o centro futurista tem um telhado de vidro que deixa entrar a luz natural. Há duas salas de exposição para mostras temporárias e uma exibição da coleção permanente. O centro expõe principalmente obras de artistas e fotógrafos latino-americanos. A sala da exposição permanente apresenta a arte histórica chilena e peças de vestuário e joalheria. O centro também abriga um cinema, uma biblioteca, um centro educacional e vários restaurantes e cafés. A entrada é gratuita nas manhãs de segunda a sexta.
Centro Cultural Palacio de La Moneda

Créditos das fotos

  • Centro Cultural Palacio de La Moneda: Esme Vos, Flickr