Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Newcastle sobre as águas

A cidade de Newcastle upon Tyne, em geral chamada apenas de Newcastle, é uma das surpresas mais agradáveis do nordeste da Inglaterra. A cidade fica às margens do Rio Tyne e divide-se em duas partes conectadas por um punhado de pontes. Com arcos de aço e pilares de granito – são todas ícones exclusivos que conferem à cidade sua personalidade.

Uma caminhada pelo Quayside sempre começa ou termina na mais nova das sete pontes da cidade – a Gateshead Millennium Bridge, inaugurada em 2001. Esta ponte é única em todos os sentidos da palavra. A estrutura incomum consiste de dois arcos de aço ligados por cabos inclinados para possibilitar que os navios passem por baixo. A nova ponte também tem o apelido de Blinking Eye (Olho Piscante), pois parece um grande olho que se abre e fecha, quando os navios passam.

Arte em celeiros

A história recente de Newcastle é tão escura quanto o carvão que foi aqui extraído por décadas. A um período florescente seguiu-se um período de alto desemprego; estaleiros e minas foram fechados e fábricas ficaram vazias.

Nos últimos anos, a maior parte da herança industrial da cidade encontrou uma nova finalidade. O BALTIC, localizado em antigos celeiros de grãos na margem sul do Rio Tyne, junto à Millennium Bridge, abriga o museu internacional de arte contemporânea. O museu não tem uma coleção permanente, mas em vez disso sedia uma variedade de exposições temporárias, apresentadas em quatro salas. A arte é tão variada quanto os próprios artistas, representando cada canto do mundo – inclusive Newcastle.

A vista do 5º andar sobre o Rio Tyne mostra uma cidade em transformação. A variedade de estilos de construção é realmente desconcertante. Também na margem sul fica o Sage Gateshead: uma sala de concertos em vidro, alumínio e aço que lembra vagamente uma garrafa de Coca-Cola deitada. A margem norte apresenta algumas extraordinárias casas comerciais da era vitoriana. Mais adiante, na colina, uma bandeira tremulante marca o castelo medieval de Newcastle. A vista do museu é ainda mais deslumbrante à noite, quando a Millennium Bridge fica iluminada.

+ Ler mais

Veja no mapa

Isto é BALTIC

Gateshead Quays, South Shore Road, Gateshead NE8 3BA, United Kingdom Google maps

BALTIC, o museu internacional de arte contemporânea
A Tyne Bridge e o cais ensolarado

Uma visita a Earl Grey

Da Millennium Bridge você pode fazer um passeio pelo cais Quayside até as outras pontes. Hoje as barcas de carvão não navegam mais; o antigo cais de comércio agora é um calçadão com bares, cafés e restaurantes. Da Tyne Bridge sai uma das ruas mais interessantes de Newcastle: a Grey Street. Metade dos majestosos edifícios ao longo de Grey Street são monumentos, e no fim da rua fica a estátua de Charles Grey (1764-1845), o homem que é mais conhecido como “earl” (conde) e mais famoso por seu chá favorito que por ter sido primeiro ministro do Reino Unido.

Créditos das fotos

  • BALTIC, o museu internacional de arte contemporânea: johnbraid, Shutterstock