KLM Royal Dutch Airlines KLM Royal Dutch Airlines
 

Templo do Sol Nascente

A Tailândia tem dezenas de milhares de templos. Um dos mais conhecidos é o Wat Arun em Bangkok. Esse complexo no rio Chao Phraya é muito especial, é incrustado com milhares de peças de porcelana que brilham na luz. A vista sobre o rio e a cidade é tão impressionante quanto à rica coleção de figuras míticas e estátuas de Buda em exposição no local.

As cinco torres do templo Wat Arun estão voltadas para o Chao Phraya, o mais importante rio da Tailândia. A central e mais alta pagode simboliza Meru, a montanha mítica que, segundo os budistas, é o centro do universo. Porcelana chinesa preenche cada centímetro quadrado da parede. Os fragmentos são de azulejos e pratos que foram usados como lastro em navios que navegavam da China para Bangkok. O templo ganha uma atmosfera mágica ao cair da noite e os mosaicos nas torres brilham sob holofotes. O edifício encantadoramente iluminado reflete na superfície do rio, um momento perfeito para um jantar a bordo de um barco restaurante.

Templo Wat Arun
Templo Wat Arun

Bangkok

No oeste solitário

A maioria das principais atrações de Bangkok pode ser encontrada na margem oriental do poderoso rio Chao Phraya. Exceto pelo Wat Arun, que fica sozinho na margem ocidental em Thonburi. O motivo para isso, é que o rei Taksin estabeleceu a capital daquele lado do rio, a cerca de 230 anos atrás. Um dia, ao amanhecer, ele ancorou seu barco em frente ao templo e decidiu torná-lo parte de seu palácio. Desde essa visita, o complexo Wat Arun é conhecido como o "Templo do deus do amanhecer".

Thonburi não foi a capital do país por muito tempo, pois o reinado de Taksin durou menos de 15 anos. Depois desse apogeu, os monges começaram a deixar o templo e o edifício caiu em desuso. Muitos anos depois, um outro rei decidiu restaurar e ampliar o templo em ruínas. O Prang, a torre em forma de espiga de milho, recebeu a maior atenção. Com impressionantes 79 metros de altura, ela é maior que todos os outros edifícios nas imediações.

Suportando o Prang

Entre Budas e demônios

Você não vai entrar no complexo sem ser notado: dois gigantes míticos vigiam o portão de entrada. E elas não são as únicas estátuas que esperam por você aqui. O primeiro terraço, ou o primeiro céu, está cheio de estátuas de Buda que descrevem várias fases de sua vida. Cada piso do templo é sustentado por guardas demoníacos e kinnaris, semi-humanos.