Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

O presente do sultão

A Mesquita do Sultão Qaboos foi um presente do Sultão Qaboos aos habitantes de Omã. Em homenagem aos 30 anos de seu reinado, no início dos anos 1990, o sultão encomendou a construção de uma mesquita maior que qualquer outra mesquita de Omã. Desde 2001, o resultado reluzente pode ser visto da estrada que leva ao coração de Mascate; de dia, a mesquita brilha à luz do sol, à noite ela tem uma linda iluminação.

Em 1993, o Sultão Qaboos anunciou um concurso para o projeto da mesquita. O criativo projeto do arquiteto Mohammed Saleh Makiya foi o grande vencedor, e a construção da Mesquita do Sultão Qaboos começou em 1995. Ela levou 6 anos, e a mesquita gigantesca, a maior de Omã, foi inaugurada em 2001.

A Mesquita do Sultão Qaboos
A Mesquita do Sultão Qaboos

Mascate

A cúpula primorosamente ornamentada

Interior mágico

A Mesquita do Sultão Qaboos possui muitos superlativos. Ela consumiu cerca de 300.000 toneladas de arenito indiano, e o maior salão de oração é realmente espetacular. O tapete persa do piso mede impressionantes 70 por 60 metros, tornando-o o segundo maior tapete feito à mão do mundo. Cerca de 600 mulheres trabalharam por 4 anos para fazer 1,7 milhões de nós. O tapete foi tingido principalmente com corantes vegetais tradicionais, e o mesmo padrão pode ser visto nos belos mármores e mosaicos do teto. Um lustre enorme de cristais Swarovski pende da grande cúpula no salão de oração. O colosso de 14 metros de altura é composto por 1.122 luzes que emanam uma luz mágica sobre a cúpula à noite.

Interior simbólico

A mesquita é também impressionante do lado de fora. O design é uma mistura de arquitetura moderna com elementos tradicionais do estilo islâmico. O complexo situa-se numa plataforma elevada; segundo a tradição de Omã, as mesquitas são sempre construídas um pouco acima do nível da rua. Há um minarete em cada canto, com um quinto minarete no meio do complexo: juntos eles simbolizam os cinco valores básicos do Islã.

O exterior da mesquita
Linda iluminação noturna

Informações práticas

A Mesquita do Sultão Qaboos é a única mesquita de Omã aberta aos não muçulmanos. Você pode visitar a mesquita todas as manhãs, exceto às sextas-feiras. É claro que é preciso se vestir adequadamente: as mulheres precisam cobrir a cabeça, assim como os joelhos e ombros. Não é permitido que crianças de menos de 10 anos de idade entrem no grande salão de oração.