Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

As gêmeas mais famosas da cidade

Nenhum outro edifício define tão bem o horizonte de Kuala Lumpur quanto as gêmeas mais famosas da cidade: as Torres Petronas. Estes edifícios chegam a 452 metros e já foram as torres mais altas do mundo. O recorde das torres foi quebrado com a inauguração do Taipei 101 em Taiwan, 6 anos depois.

O desenho das torres, feito pelo arquiteto César Pelli, foi amplamente inspirado nos padrões da arte islâmica tradicional. As fachadas angulares dos 88 andares formam estrelas de oito pontas, e os pináculos dos edifícios se assemelham aos contornos clássicos de um minarete. Um fato interessante é que as duas torres idênticas foram construídas por duas empreiteiras diferentes para que alcançassem o prazo de seis anos para a construção do projeto. As torres foram inauguradas oficialmente no dia 1 de agosto de 1999 pelo Primeiro Ministro da Malásia.

Panorama de Kuala Lumpur com as Torres Petronas
Panorama de Kuala Lumpur com as Torres Petronas

Kuala Lumpur

Pontes e tubarões

Apesar de não serem mais os edifícios mais altos do mundo, ainda há muitos superlativos para descrever as torres. A passarela no 41º e 42º andares, que conecta as duas torres, ainda é a mais alta do seu tipo. A Skybridge, na verdade, não é ligada às torres, ela se conecta e se desconecta dos edifícios de cada lado. As torres balançam em várias direções com os ventos fortes, e sem esta amplitude de movimento a ponte quebraria.

Visitantes podem acessar a Skybridge e o deck de observação no 86º andar através de um dos elevadores expressos de dois andares. A base das torres também oferece entretenimento: assista a uma performance da Orquestra Filarmônica da Malásia ou vá às compras em um dos maiores centros comercias do país, o Suria KLCC. Há também um Aquário com um túnel subaquático de 90 metros para ver de perto tartarugas marinhas, tubarões tigre e arraias.

A Skybridge das Torres Petronas

Uma sala de concertos de primeira classe

O primeiro andar das Torres Petronas conta com uma espetacular sala de concertos com 920 lugares: a Dewan Filharmonik. Além da Orquestra Filarmônica da Malásia, o local apresenta frequentemente artistas e orquestras mundialmente reconhecidos. Apesar da maior parte das performances serem concertos de música clássica, também há performances de jazz e música e dança tradicionais da Malásia. O teto com ajuste de altura cria a acústica perfeita para cada performance. A atração mais marcante é o enorme órgão de tubos Klais, acima do fosso da orquestra. Com quase 3.000 tubos, é um dos maiores órgãos do sudeste da Ásia.

Créditos das fotos

  • A Skybridge das Torres Petronas: Ezz Mika Elya, Sutterstock