Parece que o seu navegador está desatualizado.
Para utilizar todas as funcionalidades de KLM.com de forma segura, recomendamos que você atualize o seu navegador ou que você escolha um diferente. Se continuar com esta versão, é possível que partes do site não sejam exibidas adequadamente, ou que nem sejam exibidas. A segurança de seus dados pessoais também é melhor garantida com um navegador atualizado.

 

Caminhadas entre fynbos

As pessoas da Cidade do Cabo muitas vezes vão à reserva natural Silvermine para respirar o ar puro e apreciar a vista para o mar. Esse oásis de tranquilidade está localizado ao sul dessa cidade movimentada em uma área ampla entre a Montanha da Mesa, Noordhoek e Sun Valley. A paisagem de Silvermine é coberta principalmente por fynbos. Essa vegetação típica da região do Cabo tem uma rica flora endêmica, incluindo rooibos, aloé e gladíolos. Na verdade, a King Protea, a flor nacional da África do Sul, só cresce aqui nessa área silvestre.

Visto que as plantas, arbustos e flores de fynbos têm diferentes épocas de floração, a reserva natural Silvermine é um ótimo lugar para caminhadas em qualquer época do ano. As trilhas o levam por paisagens montanhosas e costeiras deslumbrantes, onde poderá encontrar fauna surpreendente, incluindo aves como os sunbirds, atraídas pelo doce néctar dos gladíolos. É possível escolher entre várias trilhas de caminhada, com várias extensões e níveis de dificuldade. Não deixe de trazer os itens necessários para um piquenique ou um típico braai (churrasco) sul-africano.

Fynbos em Silvermine
Fynbos em Silvermine

Cidade do Cabo

Reservatório de Silvermine

Perto da água

A partir de Ou Kaapseweg, siga o Rio Silvermine até o reservatório do Caminho do Rio Silvermine. Leva cerca de uma hora e você passa por canaviais, lagoas naturais e pântanos. No caminho, procure a árvore Virgilia, endêmica, com suas flores rosa. A trilha termina no reservatório de Silvermine, criado para fornecer abastecimento de água potável no século 19. Atualmente, o lago é o lar de um bando de gansos-do-egito e várias espécies de peixe, e é um ótimo lugar para nadar ou fazer um piquenique sob os pinheiros.

+ Ler mais

O que há por trás de um nome

O nome da reserva natural provavelmente deriva do século 17, quando colonos holandeses estavam convencidos de que encontrariam prata na região. Mas, infelizmente, depois de muitas expedições, a prata nunca foi encontrada. A boa notícia é que, por não haver mineração, os fynbos e a paisagem podem ser admirados em todo o seu esplendor.

Banho refrescante

É uma subida e tanto, mas se você se arriscar a caminhar até a cachoeira de Silvermine, será recompensado com uma vista deslumbrante do vale. Essa caminhada é recomendada especialmente no inverno, quando a cachoeira está mais espetacular. Pode ter certeza de que tomará um banho refrescante se chegar muito perto! A cachoeira geralmente fica seca no verão, mas a caminhada ainda vale a pena pelas ruínas fascinantes que você encontrará ao longo do caminho.

+ Ler mais

Cachoeira no inverno

Ver localização no mapa

Cachoeira de Silvermine

Vista panorâmica do oceano

Olho do elefante

Outro passeio lindo leva ao Pico Noordhoek. Apesar do caminho tortuoso, a trilha de 6 quilômetros é fácil e ao longo do caminho você poderá observar a Península do Cabo e o oceano. Os caminhantes também podem fazer um pequeno desvio para a Caverna do Olho do Elefante (Elephant’s Eye Cave). Essa caverna incrível parece o olho de um elefante quando vista do leste, e é parcialmente coberta por samambaias verde-claro. Se estiver com fome depois da caminhada, esse é um local agradável para o chamado skottelbraai (churrasco em panela tipo wok).

+ Ler mais

Ver localização no mapa

Olho do elefante

Créditos das fotos

  • Reservatório de Silvermine: mallix, Flickr
  • Cachoeira no inverno: James Cridland, Flickr
  • Vista panorâmica do oceano: Chris Preen, Flickr